Motores

Armindo Araújo triunfa no asfalto de Castelo Branco

Armindo Araújo e Luís Ramalho venceram hoje o Rali de Castelo Branco – primeira prova de asfalto do Campeonato de Portugal da especialidade.

Um triunfo que a dupla do Team Hyundai Portugal assegurou depois de um segundo dia onde esteve irrepreensível, batendo por mais de dois segundos Ricardo Teodósio e José Teixeira.

O Campeão Nacional partiu para a tirada de hoje com menos de três segundos de vantagem sobre o piloto algarvio do Skoda Fabia R5, mas ao vencer as primeiras passagens pelas especiais de Paiágua – Pé da Serra e de Sesmo – Salgueiral mostrou ao que ia na prova albicastrense.

Ricardo Teodósio ‘respondeu’ vencendo o troço seguinte, mas Armindo Araújo estava determinado e impôs nas oitava e nona classificativas, ‘cavando’ uma vantagem superior a 14 segundos. Uma diferença que geriu para a derradeira especial onde cedeu apenas 2,4s para o seu rival.

Mas a prova da Escuderia de Castelo Branco não se limitou à disputa da vitória, também se estendeu à luta pelo pódio, já que menos de oito décimas separavam José Pedro Fontes e Miguel Barbosa à partida para este segundo dia.

O piloto lisboeta mostrou desde a primeira especial da tirada que queria mesmo sair da Beira Baixa com a terceira posição, ganhando quase quatro segundo nos dois troços iniciais ao seu rival.

A tendência em favor de Barbosa manteve-se, com o piloto do Skoda Fabia R5 a ganhar mais alguns segundos ao do Citroën C3 R5 antes da penúltima classificativa, onde Fontes ‘respondeu. Os dois partiram para o derradeiro troço separados pouco mais de um segundo, mas como o lisboeta perdeu apenas mais uma décima a terceira posição foi sua.

Longe desta luta, Bruno Magalhães procurou levar até final o segundo i20 R5 do Team Hyundai, garantindo os pontos de um quinto lugar que mais tarde lhe podem fazer falta. O piloto de Oeiras mostrou ainda não se sentir tão à vontade com o carro coreano nos pisos de asfalto quanto os seus adversários mais diretos.

Pedro Almeida, Manuel Castro e Emma Falcón mantiveram as mesmas posições no top oito que tinham no final do primeiro dia, o mesmo acontecendo com Daniel Nunes relativamente ao nono lugar e à vitória nas duas rodas motrizes. O piloto do Peugeot 208 R2 conseguiu no entanto dilatar a sua diferença para o seu principal adversário, Gil Antunes, que no Renault Clio R3T terminou a mais de 1m08s do vencedor da categoria.

Classificação final

1º Armindo Araújo/Luís Ramalho (Hyundai) 1h14m28,2s

2º Ricardo Teodósio/José Teixeira (Skoda) + 12,5s

3º Miguel Barbosa/Jorge Carvalho (Skoda) + 55,9s

4º José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroën) + 57,0s

5º Bruno Magalhães/Hugo Magalhães (Hyundai) + 1m42,4s

6º Pedro Almeida/Nuno Almeida (Skoda) + 2m37,0s

7º Manuel Castro/Ricardo Cunha (Hyundai) + 5m16,7s

8º Emma Falcón/Eduardo Delgado (Citroën) + 5m26,2s

9º Daniel Nunes/Rui Raimundo (Peugeot) + 5m56,9s

10º Gil Antunes/Diogo Correia (Renault) + 7m05,6s

Mais partilhadas da semana

Subir