Motores

Armindo Araújo reforça comando do campeonato

Numa prova muito disputada no que às posições cimeiras diz respeito, Armindo Araújo conseguiu um quarto lugar no Rali de Castelo Branco precioso para as contas do Campeonato de Portugal da especialidade.

O piloto de Santo Tirso e o seu navegador, Luís Ramalho, estiveram sempre envolvidos na luta pelas posições cimeiras e no final só falharam o pódio por três décimas.

Naquele que foi o segundo evento em asfalto do ano, o piloto do Team Hyundai Portugal tinha como prioridade as contas do campeonato, e acabou por realizar uma boa operação nesse aspeto na prova da Escuderia de Castelo Branco.

Para além de passar a ter uma vantagem de 28,41 pontos sobre o seu mais direto adversário no CPR, Armindo Araújo também foi o mais rápido na nona especial (Fonte Longa). O que diz bem da sua forma e a competitividade do i20 R5 nos pisos de asfalto, apesar da meteorologia ter ‘pregado uma partida’ no primeiro dia de prova.

“Foi um fim de semana muito exigente para toda a gente em termos de afinações e escolha de pneus. Mais do que o facto de não conhecermos o rali, o nosso maior desafio foi encontrar o melhor setup para as diferentes condições de aderência”, explicou o antigo Campeão do Mundo de Ralis Produção.

“O carro correspondeu às expetativas,mas nós não estivemos totalmente assertivos nas escolhas que fizemos. Foi um rali muito competitivo, onde quatro pilotos entraram para a secção final com hipóteses de ganhar. Este resultado reforça a nossa liderança e agora vamos para a Madeira focados em obter mais uma boa pontuação”, acrescenta o piloto do Team Hyundai Portugal, que este ano já venceu duas provas do CPR.

 

6Shares

Mais partilhadas da semana

Subir