Cultura

Andy White, o ‘quinto’ Beatle, morreu na segunda-feira

beatles com Andy White

Enquanto Ringo Starr não convencia o produtor, Andy White foi o baterista dos The Beatles nas gravações de ‘Love Me Do’ e ‘P.S. I Love You’. Na segunda-feira, o ‘quinto’ Beatle despediu-se deste palco que é a vida, com 85 anos de idade.

Em 1962, numa altura em que o produtor George Martin “não estava seguro das capacidades” de Ringo Starr, Andy White foi o baterista dos The Beatles.

Gravou dois temas, ‘Love Me Do’ e ‘P.S. I Love You’ (ele alegou ter ainda participado em ‘P.S. I Love You’), mas acabou por perder o lugar para Ringo Starr.

Na passada segunda-feira, o ‘quinto’ Beatle, como ficou conhecido, morreu em casa, em Nova Jérsia (EUA), com 85 anos, devido a um acidente vascular cerebral.

O óbito foi ontem revelado, através do Twitter, pela New York Metro Pipe Band.

“A versão do ‘Love Me Do’ com o Andy foi publicada na América (na qual se ouve o Ringo a tocar pandeireta), mas a gravação com o Ringo foi a primeira a ser usada, no Reino Unido”, revelou a banda, no mesmo tweet.

Segundo o próprio Andy White (numa entrevista de 2009), recebeu só cinco libras pelas três horas em que esteve no estúdio com os The Beatles. Quanto aos ‘royalties’, nunca chegaram…

O baterista escocês trabalhou com outros músicos conceituados, como no famoso ‘It’s Not Unusual’ de Tom Jones.

Numa outra entrevista, em 2012, admitiu que na altura ficou “pouco impressionado” com ‘os quatro de Liverpool’ e nunca imaginou que os The Beatles se tornassem no fenómeno que ainda são.

Em destaque

Subir