Desporto

André Ventura ‘pegado’ nas redes sociais com ex-candidato do Benfica

André Ventura e Bruno Costa Carvalho, que em 2009 foi candidato à liderança do Benfica, têm trocado ‘mimos’ nas redes sociais.

“Quando esta manhã me disseram que Bruno Carvalho tinha chamado ignorantes e iletrados aos que tinham votado em mim e me seguiam nas redes sociais, pensei em respirar fundo e ignorar o presidente leonino”, começa por escrever André Ventura, na sua página do Facebook.

E prossegue: “Mas não era esse que estava em causa: era o outro, o nosso, aquele que acrescentou Costa no nome para não se confundir com o presidente do Sporting. Nesse caso, acho que basta isto: vergonha não é dizer as verdades sobre os ciganos ou sobre a injustiça que reina em Portugal. Vergonha é ir a eleições e ter 2.71 por cento dos votos, menos do que os brancos e nulos. Isso sim seria motivo de vergonha para mim.”

A publicação já mereceu resposta por parte de Bruno Costa Carvalho que, na sua página do Facebook, deixa algumas considerações sobre o social-democrata que foi candidato a Loures, no último ato eleitoral autárquico, e que até merece um elogio por parte do antigo membro do Porto Canal.

“André Ventura diz que teria vergonha em ter 2.7 por cento dos votos como eu tive, em 2009, quando me candidatei ao Benfica. Ele tem razão, eu tive mesmo essa votação. Tive essa votação porque o projeto que apresentei aos benfiquistas não colheu. Só há um culpado: eu”.

Porém, continua o ex-candidato que “a verdade, é que apresentei um projeto ao contrário do meu oponente, Luís Filipe Vieira, que nem uma linha escreveu”.

Bruno Costa Carvalho vai mais longe e fala em “voto eletrónico manipulado” nas eleições do Benfica.

“Apresentei um projeto num momento em que o Benfica tinha equipas péssimas e estava a caminho de um endividamento impensável que, aliás, veio a concretizar-se como eu temia e avisei. Enfreitei uma candidatura ilegal (como o tribunal reconheceu), fui convidado para escolher o lugar que queria para desistir da candidatura e não o fiz. Quem quiser que me desminta e que me processe”, disse.

E completou: “Ah… e já agora, que estamos a falar a verdade, há duas pessoas que estão, neste momento, na estrutura do Benfica que me disseram, num almoço, que a minha votação tinha sido bem maior, mas que o voto eletrónico tinha sido manipulado. Sei disto e muito mais”.

“Finalmente, as ideias políticas de André Ventura estão longe das minhas, mas não o conheço pessoalmente, nada me move contra ele, e até tenho alguma simpatia pessoal, achando que defende com bastante dignidade o Benfica.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir