Benfica

“Simões devia dizer quem esteve na reunião da Benfica TV”, diz André Ventura

André Ventura rebateu as acusações de António Simões, enumerando cinco presenças da antiga glória do Benfica na BTV desde que este foi, segundo afirmou, considerado ‘persona non grata’.

As declarações do bicampeão europeu continuam a ser o tema do momento entre os encarnados. No ‘pé em riste’ desta noite, André Ventura não podia escapar a comentar o caso.

“O que se passou esta semana foi triste”, admitiu.

O comentador benfiquista da CMTV até se usou como exemplo para contestar a alegação, feita por Simões, de que a Benfica TV censura as vozes incómodas.

“Fui o primeiro a dizer que Paulo Gonçalves devia apresentar a demissão. Ninguém me proibiu de ir à Benfica TV”, frisou André Ventura.

O conhecido adepto do Benfica não acredita que, ao contrário do que António Simões afirmou, o bicampeão europeu tenha sido censurado.

“Acho que o António Simões não é mentiroso. Fez um enquadramento do que lhe aconteceu, (mas) a 27 de outubro, uns meses depois, deu uma entrevista no camarote presidencial do Estádio da Luz”, realçou.

De seguida, Ventura listou mais mais quatro situações em que Simões foi presença na Benfica TV.

“António Simões diz outra coisa, que houve uma reunião no Benfica em que foi considerado ‘persona non grata’. Não acredito nisso”, continuou o comentador.

André Ventura questionou ainda essa suposta reunião, com Luís Filipe Vieira e os principais responsáveis do canal, na qual Simões foi considerado ‘persona non grata’.

“Acho que é preciso que António Simões diga quem esteve nessa reunião”, insistiu: “Quem é que lhe disse que essa reunião existiu?”

Mais partilhadas da semana

Subir