Motores

Álvaro Parente sobe ao pódio no Petit Le Mans

Álvaro Parente foi determinante na subida ao pódio da categoria GTD no Petit Le Mans, 12ª e última prova do IMSA Sportscar e da Taça Norte-Americana de Resistência.

No traçado de Road Atlanta o piloto português voltou a dividir o Acura NSX # 86 da Meyer Shank Racing com a britânica Katherine Legge e Trent Hindman, e assumiu o volante quando o carro se encontrava na sexta posição da categoria.

Parente fez um último turno de condução fortíssimo, que o levou a aproximar-se rapidamente do líder, Daniel Serra, que acabou por vencer aos comandos do Ferrari da Scuderia Corsa, mas apenas por uma margem de oito décimas para o piloto do Porto.

“O último turno foi bastante duro e estou um pouco desapontado por não ter conseguido a vitória para a equipa. Dei o máximo, mas no final alguns carros de outras classes fizeram-me perder tempo e foi impossível conseguir chegar ao primeiro lugar”, refere Álvaro Parente.

O piloto luso faz o piloto faz um balanço positivo da sua estreia no IMSA SportsCar Championship, apesar de não ter vencido o Troféu Norte-Americano de Endurance: “Este ano foi fantástico. A Meyer Shank Racing e o Mike (Shank) são extraordinários e foi fantástico poder trabalhar com uma equipa assim. Estou muito satisfeito por ter tido esta oportunidade”

Mais partilhadas da semana

Subir