Motores

Álvaro Parente limita ‘danos’ em Mosport

AlvaroParenteMosport2

Álvaro Parente não teve um fim-de-semana fácil no Canadá, na jornada do Pirelli World Challenge que se disputou no circuito de Mosport, onde foi oitavo na primeira corrida e sexto na segunda.

O McLaren 650S da K-PAX Racing nunca esteve competitivo no traçado canadiano, pelo que o piloto português procurou sobretudo obter o máximo de pontos possíbel.

No primeiro confronto, ganho por Patrick Long, Parente procurou atacar ao máximo mas depois não logrou passar o NissanGT-R de Bryan Heitkoffer e ficou-se pelo oitavo posto.

“Não era possível fazer melhor, esta não é uma pista favorável ao McLaren 650S. Ainda assim ficámos a frente de alguns dos nossos mais importantes adversários”, desabafou Álvaro Parente no final da corrida.
Já no domingo o piloto do Porto voltou a não ter uma prova de feição, e enquanto Patrick Long voltava a impor o Porsche 911 GT3_R da Wright Motorsports, apenas logrou tirar partido do abandono de Adderly Fong e Ryan Eversley, que se envolveram num acidente.

“Foi mais uma corrida difícil! Ainda assim conseguimos um bom sexto lugar e subir ao segundo lugar do campeonato. Agora é preciso olhar para a ronda de Lime Rock, já no próximo fim-de-semana”, afirmou Álvaro Parente após a segunda corrida do fim-de-semana.

AlvaroParenteMosport3

Classificação
Corrida 1
1º Patrick Long (Porsche) 36 voltas
2.º Andrew Palmer (Bentley) + 1,769s
3.º Ryan Eversley (Acura) + 6,557s
4.º Adderley Fong (Bentley) + 9,059s
5.º James Davison (Nissan) +24,980s

8.º Álvaro Parente (McLaren) + 30,098s
Corrida 2
1º Patrick Long (Porsche) 30 voltas
2.º James Davison (Nissan) + 1,571s
3.º Andrew Palmer (Bentley) + 2,743s
4º Kyle Marcelli (Audi) + 9,035s
5.º Bryan Heitkotter (Nissan) + 9,038s
6.º Álvaro Parente (McLaren) + 16,929s

Fotos: Champman/Aurosport Image

Em destaque

Subir