Motores

Álvaro Parente aponta ao título no World Challenge GT America

Álvaro Parente já está focado na nova temporada norte-americana de GT, onde o objetivo é chegar ao título.

Passada que foi a sua participação nas 24 Horas do Golfo com o novíssimo McLaren 720S GT3, o piloto português pensa agora naquele que é o considerado o campeonato norte-americano de GT, agora denominado World Challenge America.

Tal como sucedeu no ano passado Parente estará aos comandos de um Bentley Continental GT3 da K-PAX Racing, sendo que esta época irá utilizar um modelo da segunda geração.

O piloto do Porto, que foi Campeão no seu ano de estreia, em 2016 e foi segundo classificado no ano passado, sente que tem todas as condições para voltar a lutar pelo triunfo no campeonato, que se inicia a 3 de março no Circuito das Américas, em Austin (Texas).

“Dá-nos estabilidade quando uma equipa quer que regressemos. Eu também queria fazer uma quarta temporada com eles. Tivemos tanto sucesso no ano passado, vencemos algumas corridas e fui vice-campeão. Estamos todos entusiasmados com o novo carro e pela minha parte estou motivado por esta equipa que trabalha tão bem junta”, salienta Álvaro Parente.

O piloto português acredita que o novo Continental GT3 pode ser tão bom ou melhor que o seu antecessor, ciente do apoio que a Bentley está a dar à K-PAX Racing: “Estamos já a par das características do carro, portanto penso que temos apenas de continuar a conhecê-lo e pô-lo a funcionar em todos os tipos de pistas”.

“A Bentley tem-nos ajudado bastante a alcançar o nosso potencial – ir mais rápido e fazer bem as coisas. Tem sido muito cooperativa. A época passada foi dura mas vamos ver o que podemos fazer este ano. É sempre um pouco mais fácil quando todos estão mais familiarizados com o carros e as pessoas da Bentley, que têm já um ano de experiência com o Continental GT3”, sublinha ainda Álvaro Parente, que este ano terá Andy Soucek (piloto oficial da marca) como companheiro de equipa.

Mais partilhadas da semana

Subir