Mundo

Alcatel: Cinco mil despedimentos em todo o mundo

alcatelA Alcatel, multinacional francesa de telecomunicações, presente também em Portugal, pretende suprimir, até ao final de 2013, cinco mil postos de trabalho, em todo o mundo.

A Alcatel-Lucent, com presença em mais de 130 países, entre os quais Portugal, vai despedir cinco mil trabalhadores (num universo de 78 mil), em todo o mundo, até ao final de 2013.

A decisão prende-se com o facto de a empresa ter registado, no segundo trimestre deste ano, perdas na ordem dos 254 milhões de euros. A direção sublinha, no entanto, que a redução do número de colaboradores não afetará as capacidades de pesquisa e desenvolvimento da empresa.

O objetivo, afirma o diretor-geral da empresa, Ben Verwaayen, é, por meio de um Programa de Desempenho, “acelerar a transformação e reduzir os nossos custos em 1,25 milhões de euros, entre hoje e o final do próximo ano”.

Conhecidos os resultados negativos do segundo trimestre, a empresa anunciou, na semana passada, que iria abandonar os objetivos de rentabilidade definidos para este ano. Em 2011, a Alcatel teve lucros de 43 milhões de euros.

Em destaque

Subir