Motores

Albuquerque e Barbosa sextos em Road America

Filipe Albuquerque e João Barbosa terminaram na sexta posição a prova do Campeonato IMSA Sportscar hpje disputada no circuito de Road America.

A dupla portuguesa do Cadillac DPi # 5 da Action Express Racing partiu do sétimo lugar da grelha de partida, chegou a rodar entre os primeiros em ciclos de paragens nas boxes diferentes e cortou a meta no sexto posto, uma prova ganha pelo Mazda RT-24 P # 55 de Jonathan Bomarito e Harry Tincknell.

“Apesar de saber que o meu trabalho foi bem feito, que demos tudo o que tínhamos em pista e que o carro estava com um bom equilíbrio, sabíamos que não seria suficiente para chegar perto, sequer, dos nossos adversários”, referiu frustrado Filipe Albuquerque após a corrida.

O piloto de Coimbra confessa que se sente ainda mais dececionado porque nesta prova houve uma modificação no sistema de equilíbrio de performance, que deveria ter tornado o protótipo # 5 mais competitivo. E isso não se verificou: “A alteração do ‘bop’ teve um efeito pior do que aquele que estávamos à espera. Por isso, é frustrante sabermos que estamos a fazer tudo bem mas que simplesmente as limitações que nos impuseram não deixam ir mais além”.

Segue-se um período de férias de verão que Filipe vai aproveitar para ‘recarregar baterias’, esperando no regresso à competição que o equilíbrio de forças no IMSA se altere: “Pelo que conseguimos perceber, tudo indica que os nossos adversários andaram a controlar o andamento durante a corrida e isso mostra bem o esforço de uns e o esforço de outros. O ‘BoP’ tem de mudar radicalmente senão não teremos qualquer hipótese nas duas provas que faltam até ao final da época”.

Para a Mazda foi a terceira vitória consecutiva esta temporada, numa corrida onde os seus maiores rivais foram os Acura ARX-05 do Team Penske, que partiram na liderança da prova, pareciam capazes de uma ‘dobradinha’ mas que no final tiveram de se contentar com a segunda posição de Dane Cameron e Juan Pablo Montoya, no protótipo # 6.

Helio Castroneves e Ricky Taylor, no Acura # 7 chegou a estar em posição de discutir a vitória, mas uma paragem nas boxes não prevista para limpar detritos de uma trajetória fora do asfalto por parte do americano acabou por deixá-lo fora da luta. Assim o último lugar do pódio acabaria por ir para Oliver Jarvis e Tristan Nuñez, no Mazda # 77.

Mais partilhadas da semana

Subir