Tecnologia

Ainda não tem o Windows 10? Tem menos de um mês para o ter de forma gratuita

windows_10_lancamento

Foi há um ano que o Windows 10 foi lançado oficialmente pela Microsoft, dando aos utilizadores a possibilidade de obterem, pela primeira vez, um sistema operativo completamente gratuito, sem a necessidade de recorrer à pirataria.

No entanto, e apesar desta ‘oferta’ da Microsoft, muitos utilizadores têm mostrado alguma resistência em atualizar os seus computadores para o Windows 10. Seja pela má adaptação à nova interface, ou simplesmente pelo feedback de outros utilizadores, a verdade é que alguns utilizadores do Windows 7 e Windows 8 parecem não querer nada com a versão 10 do Windows.

Apesar de tudo, a implementação do sistema operativo decorre de forma positiva. Segundo dados da própria Microsoft, são já 350 milhões, o número de dispositivos equipados com o Windows 10.

Se ainda não atualizou o seu computador para a versão mais recente do sistema operativo da Microsoft, saiba que esta ‘oferta’ termina no dia 29 de julho, a partir dessa data, e se mudar de ideias, saiba que vai ter de desembolsar entre 100 a 200 euros (consoante a versão) para atualizar o seu computador para o Windows 10.

Se é um dos utilizadores que mostra alguma resistência em experimentar o novo sistema operativo da Microsoft, saiba que o pode instalar e usar durante um mês como forma de teste. Findado esse prazo, e se achar que realmente não se identifica com o sistema, pode reverter o mesmo para a versão anterior.

Alguns utilizadores resistem por influência de outros, sendo um dos motivos apontados para não mudar, as políticas de privacidade do Windows 10. São vários os utilizadores que acham o Windows 10 muito mais intrusivo, em termos de privacidade, quando comprado com as versões anteriores.

O que muitos desses utilizadores não entenderam, é que para a Microsoft oferecer produtos equivalentes aos gostos de cada utilizador, precisa com que ferramentas trabalham os mesmos nos seus computadores. Apesar disso, e possível limitar essa intrusão alterando as definições de privacidade. Já sabe, tem até dia 29 de julho para mudar, gratuitamente, para o Windows 10.

4Shares

Mais partilhadas da semana

Subir