Apresentações/Novidades

Aí está o Renault Mégane Grand Coupé

Tido como modelo charneira entre o segmento médio e o médio superior, o novo Renault Mégane Grand Coupé pretende ser uma alternativa para quem procura um familiar com estatuto.

Com uma secção dianteira perfeitamente identificável com a mais recente gama da marca do losango, este novo ‘sedan’ francês aposta em linhas bastante consensuais para atrair sobre as atenções, até porque chega ao mercado nacional com preços que começam abaixo dos 25 mil euros.

Este novo cinco portas da Renault destaca-se também pela assinatura luminosa contemporânea, com destaque para o LED Pure Vision patenteado pela marca ou as luzes LED diurnas em forma de C, a imprimir profundidade e um certo efeito 3 D.

Mas o posicionamento deste modelo entre os segmentos C e D advém sobretudo das suas dimensões. São 4,632 metros de comprimento por 1,814 de largura, por uma altura de 1,443m. Proporções que não comprometem a harmonia do conjunto e contribuem para o grande espaço a bordo.

É devido a este tamanho que o Mégane Grand Coupé permite não só transportar cinco adultos em total conforto, mesmo que tenham uma estatura elevada, já que os passageiros da frente usufrem de 851 mm de altura e os de traás de 840 mm.

O formato do terceiro volume da carroçaria e também o desenho das suas superfícies vidradas contribuem para a qualidade de vida a bordo, sendo que o espaço também é generoso ao nível da bagagem, que disponibiliza um volume 550 dm3 e cujo acesso é facilitado pelo portão traseiro elétrico com acesso mãos-livres.

A bordo o condutor beneficia da adoção do Head Up Display posicionado acima do tablier, que evita que se tenha de desviar o olhar da estrada. Um ecrã rebatível eletronicamente projetas as informações mais importantes, com a imagem a aparecer virtualmente mesmo no campo de visão do condutor.

Em termos de conectividade este novo sedan da Renault está dotado com uma plataforma multimédia E-Link 2, com ecrã tátil de 7 ou 8,7 polegadas em posição vertical, uma tendência crescente entre modelos ‘premium’.

O sistema Multi-Sense é também um importante argumento, permitindo adequar o estilo de condução através do acionamento de um botão rotativo colocado na consola central, ou através do interface intuitivo do E-Link 2.

Em termos de equipamento há também de destacar a comutação automática das luzes, a câmara de marcha-atrás, o sistema de ajuda ao estacionamento, o East Park Assist, que permite estacionar sem que o condutor toque no volante, o alerta de transposição involuntária de faixa, o alerta de distância de segurança, o alerta de ângulo morto e o alerta de excesso de velocidade com reconhecimento dos sinais de trânsito. Isto para além dos mais vulgares sistema de travagem de emergência ativa e regulador de velocidade adaptativo.

Em termos de motores, a gama Mégane Grand Coupé inicia-se com o bloco a gasolina 1.2 Tce de 130 cv, seguindo-se o 1.5 dCi de 110 cv ou dci de 130 cv, com caixa manual de seis velocidades, distribuídos pelos dois níveis de equipamento – Limited e Executive.

Mais partilhadas da semana

Subir