Ciência

Águas do rio Valira tornam-se verdes fluorescente e deixam todos surpreendidos

O rio Valira, que nasce em Andorra e desagua na Catalunha, em Espanha, surgiu com tons de verde fluorescente esta manhã, alertando as populações próximas das margens do rio. No entanto, tudo não passou de um corante inofensivo utilizado na realização de testes de qualidade da água.

As águas do rio Valira surpreenderam todos ao aparecer em tons de verde fluorescente. As populações que vivem próximo ao rio ficaram surpreendidas e alertadas com esta situação, mas tudo não passou apenas de um susto.

De acordo com as autoridades catalãs, a cor verde do rio foi causada devido a um corante inócuo, biodegradável e sem propriedades tóxicas, que foi usado para a realização de análises na fonte do rio Arinsal, um afluente do rio Valira.

Em 2016, um norovírus nas águas destes rios causaram um surto de gastroenterite em Barcelona. Então, para prevenir uma situação semelhante, as águas do rio foram submetidas a um teste de qualidade, que precisou da utilização do corante, acabando por chegar ao rio Valira, tornando-o verde.

O município de Seu d’Urgell já garantiu aos cidadãos que esta situação não apresenta riscos para a saúde pública e que o pigmento verde deverá desaparecer nas próximas horas.

Mais partilhadas da semana

Subir