Nas Notícias

Agência de Energia Atómica reúne-se na quarta-feira sobre Irão

A Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) reúne-se a 10 de julho, a pedido dos Estados Unidos, para avaliar os últimos desenvolvimentos relativos ao acordo nuclear com o Irão, anunciou hoje um porta-voz da agência da ONU.

O conselho dos governadores da AIEA, cuja sede é em Viena, “reúne-se às 14:30”, precisou.

A reunião foi pedida pelos Estados Unidos, depois de os inspetores da AIEA terem confirmado que o Irão ultrapassou o limite de reservas de urânio pouco enriquecido estabelecido no acordo de 2015.

O acordo nuclear limita o programa nuclear iraniano em troca do levantamento de sanções económicas internacionais.

Assinado com os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Estados Unidos, França, Reino Unido, Rússia e China), mais a Alemanha, o acordo previa o levantamento de sanções internacionais em troca de limitações e maior vigilância do programa nuclear da República Islâmica.

Mas a 8 de maio de 2018, o Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou a retirada unilateral dos Estados Unidos e restabeleceu sanções devastadoras para a economia iraniana.

Um ano depois, o Irão respondeu anunciando que deixará de respeitar alguns compromissos a menos que em 60 dias – um prazo que termina domingo – obtenha dos Estados que se mantêm no acordo soluções para contornar as sanções reintroduzidas por Washington.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir