Nas Notícias

Afinal, quem colocou notas de 20 euros nas caixas de correio de Évora?

notas RaminhosDurante a Páscoa, entre os dias 24 e 26 de março, todas as caixas de correio da Rua do Ouro, em Évora, receberam notas de 20 euros não identificadas, durante três dias. O mistério é agora desvendado. Uma dica: o humorista António Raminhos esteve ‘metido’ nisto.

A rua encheu-se de vizinhos que comentavam entre si: porque receberam notas nas caixas de correio? Ao mesmo tempo, outros moradores do bairro do Bacelo perguntavam se também iriam receber dinheiro. Entre os beneficiados, houve quem ficasse ofendido e devolvesse as notas, outros que se emocionaram agradecidos, e houve até quem suspeitasse da ação e chamasse a polícia.

Não havia nenhuma indicação sobre quem estaria a distribuir as notas nas caixas de correio, nem as famílias sabiam quem estaria na origem das misteriosas notas de 20 euros diárias.

Esta ação de sensibilização pretende chamar a atenção para as vantagens da poupança, tendo despoletado reações muito variadas, todas marcadas pelo ceticismo.

Ao fim de três dias a receber consecutivamente 20 euros, sem saber quem oferecia o dinheiro, os moradores da Rua do Ouro foram surpreendidos e provocados pelo comediante António Raminhos que, na forma de uma brincadeira, destacou as vantagens sustentáveis de poupar diariamente, face à facilidade de receber dinheiro grátis.

A Páscoa na Rua do Ouro, em Évora, caracterizou-se assim por uma série de surpresas e mistérios que ao terceiro dia foram finalmente revelados. O objetivo desta ação passou por consciencializar para os benefícios da poupança, promovendo o lançamento de uma nova aplicação gratuita, o Quoty, que permite encontrar todos os dias, todas as promoções.

“Receber 20 euros por dia, durante três dias seguidos, foi a maneira mais original e provocadora que encontrámos para chamar a atenção para novas formas de comprar mais com menos. O Quoty traz mais poder de compra aos portugueses ao ajudá-los a encontrarem todos os dias, todas as promoções”, refere Filipe Nery, responsável pelo Quoty em Portugal.

“Toda a gente gosta de receber dinheiro, mas não é algo que aconteça todos os dias. Os 20 euros por dia oferecidos na Páscoa, na Rua do Ouro, representam apenas uma percentagem do que uma família pode poupar, por mês, ao utilizar o Quoty”, acrescenta.

A aplicação já está presente em oito países europeus, onde conquistou a confiança de mais de cinco milhões de utilizadores regulares. Em Portugal, desde que a aplicação foi disponibilizada, já mais de 20 mil utilizadores fizeram download.

0Shares

Em destaque

Subir