Mundo

Acordou do coma no dia de aniversário depois de cair de ponte

Shaun Dunworth, um jovem irlandês emigrado na Austrália, sofreu um grave acidente no final do mês de julho. Esta segunda-feira, no dia em que completou 21 anos, acordou do coma. As suas primeiras palavras foram: “Amo-vos, mãe e pai”.

A 29 de julho, Shaun sofreu um grave acidente ao cair da Harbour Bridge, em Sidney. Foi transportado para o hospital entre a vida e a morte, submetido a diversas cirurgias à cara e à pélvis.

Esta segunda-feira, dia em que completou 21 anos, viu o seu quarto ser decorado pelas enfermeiros para celebrar o dia especial, mas continuava inconsciente.

Depois de viver as últimas 24 horas sem qualquer suporte de vida, e sem que nada o fizesse prever, acordou do coma e as primeiras palavras foram para os pais: “Amo-vos, mãe e pai”.

“Os pais têm estado ao lado dele desde que chegaram e desejam apenas que melhore. Gostávamos de agradecer a todos os que fizeram algo por ele”, contou uma tia de Shaun ao ‘Independent’.

A família, que já tinha organizado uma angariação de funtos para ajudar a costear as despesas dos tratamentos e deslocação dos pais, ficou surpreendida com a reação de Shaun.

Agora, com os 55 mil euros já angariados, os pais vão poder assistir às melhorias de Shaun, separados até então por uma viagem de mais de 10 mil quilómetros e 33 horas.

“Estamos apenas com esperança e a torcer por ele. Sabemos que tem um longo caminho a percorrer, mas o facto de acordar e falar é muito positivo”, revelou a tia.

Veja uma fotografia de Shaun Dunworth, antes do acidente.

Mais partilhadas da semana

Subir