Economia

Abril traz queda da taxa de inflação em Portugal, indica Eurostat

defaultDe acordo com o gabinete de estatísticas da União Europeia (UE), verificou-se em abril uma queda da taxa de inflação em Portugal, para 2,9 pontos percentuais, o que representa mais 0,3 por cento da média da Zona Euro. A Suécia é o país da União Europeia com taxa mais baixa: um por cento.

O Eurostat, gabinete de estatísticas da União Europeia, revela que a taxa de inflação portuguesa regrediu em março, caindo 0.3 por cento em comparação com o mês de abril, então nos 3,1 pontos percentuais.

Portugal detém, deste modo, a oitava taxa mais elevada de todos os 17 países que partilham a moeda única, partilhando essa posição com a Eslovénia e Bélgica. No topo da lista está a Estónia, com 4,3 pontos e no extremo oposto encontra-se a Grécia, que atravessa uma fase de deflação. Neste momento, os helénicos apresentam uma taxa de 1,5 por cento.

A mesma fonte adianta hoje que a média dos 17 países da Zona Euro se cifra nos 2,6 pontos (menos 0,1 do que no mês de março), o que representa uma percentagem muito idêntica à UE: os 27 países apresentam uma taxa de inflação média de 2,7 por cento.

Num olhar à Europa do 27, a Suécia apresenta um por cento de taxa, a mais baixa de todos os países da UE, com a Hungria no outro extremo: 5,6 por cento.

A deflação, repetidas descidas da inflação e dos preços, é considerada um grave problema da economia, que pode conduzir a um longo período de estagnação.

Em destaque

Subir