TV

A filosofia do ‘Homem Irracional’ é Woody Allen de regresso

O realizador Woody Allen está de regresso, com ‘Homem Irracional’. Protagonizado por Joaquin Phoenix e Emma Stone, o novo filme insiste nas questões sobre os limites da justiça.

Dizem que Woody Allen faz um filme por ano. Pois aí está ‘Homem Irracional’, a proposta do realizador para este ano de 2015.

Acompanhando a vida de um professor de filosofia, o filme explora esta disciplina para enquadrar diversas questões sobre os limites da justiça.

Protagonizado por Joaquin Phoenix e Emma Stone, cujas interpretações têm sido bastante elogiadas pela crítica, ‘Homem Irracional’ marca ainda uma continuidade da obra de Woody Allen por terras norte-americanas, iniciada com os recentes ‘Blue Jasmine’ e ‘Magia ao Luar’ (os filme de 2013 e 2014, refira-se).

Em vésperas de atingir os 80 anos (o que ocorre a 1 de dezembro), Woody Allen não abdica do romantismo, mas centra mais a história nas características das personagens que oscilam entre os géneros dramáticos e policial.

A obra marca também uma nova colaboração com Darius Khondji, que assina a direção de fotografia.

Já nos cinemas, ‘Homem Irracional’ apresenta um duelo entre o ‘bem’ e o ‘mal’, ou entre a ‘culpa’ e a ‘recompensa’, mas entrega a quem o vê a responsabilidade de refletir sobre os limites morais: quais são? Quem os define? Quem estabelece o ‘castigo’ para quem não os cumpre?

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir