Desporto

“A equipa sentiu muito esta derrota”, afirma Jorge Jesus

Jorge Jesus reconheceu o falhanço num dos objetivos da época depois da derrota na Madeira, por 2-1 e, na análise ao encontro, criticou a postura dos jogadores do Marítimo, a quem acusou de “antijogo”.

“Durante os 90 minutos, a equipa do Sporting nunca foi aquela equipa que tivesse dinâmica ofensiva, qualidade técnica e tática. A equipa do Marítimo não nos deu grandes espaços. Os jogadores do Marítimo fizeram antijogo e pararam o jogo. De qualquer maneira, tínhamos que fazer mais para podermos sair daqui com uma vitória, que era só o que interessava”, começou por dizer Jesus na zona de entrevistas rápidas.

Confirmado o 3.º lugar e a ausência da Liga dos Campeões na próxima temporada, o técnico ‘leonino’ reforçou a necessidade de “recuperar a equipa” para a final da Taça de Portugal, frente ao Aves, no próximo dia 20.

“Não sei se foi ansiedade. Foi a equipa que quis, teve crença e não foi tão fresca como normalmente vai. (…) Há que recuperar a equipa. Temos uma final no domingo. Foi difícil perder este jogo aqui, a equipa sentiu muito esta derrota. Também senti a forma como os adeptos não gostaram desta derrota. A equipa ficou abalada por perder o jogo e pelos adeptos”, assumiu.

A terminar, questionado pelo jornalista acerca das recentes declarações de Bruno de Carvalho, Jorge Jesus abandonou a zona de entrevistas, após referir que estava ali “para falar do jogo”.

Mais partilhadas da semana

Subir