Hoje é dia

7 de dezembro, nasce Mário Soares, um lutador da Liberdade

Não foi uma figura de consensos, ou não tivesse sido um político que se assumiu como tal. De todo o modo, Mário Soares foi uma personalidade que escreveu o seu nome na história da Democracia portuguesa. Também a 7 de dezembro, nasce Ary dos Santos, poeta português.

Hoje é dia 7 de dezembro, data em que se assinala o nascimento de Mário Soares, um dos lutadores da Liberdade, conquistada com o 25 de Abril de 1974.

Mário Soares licenciou-se em Ciências Histórico-Filosóficas na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, em 1951, e em Direito, na Faculdade de Direito da mesma universidade, em 1957.

O seu interesse pela política nasce nos tempos de estudante, quando cria um movimento antifascista, juntamente com o pai, nos tempos da ditadura. Esteve preso e casou na prisão, com Maria Barroso. Mais tarde, esteve exilado em Paris.

Regressa a Portugal a 28 de abril de 1974, três dias depois da Revolução dos Cravos.

E dois dias depois, esteve presente na chegada a Lisboa de Álvaro Cunhal, numa imagem histórica, de duas personalidades de diferentes quadrantes políticos, unidas pela mesma causa: a Liberdade.

Durante o PREC, Mário Soares foi o principal líder civil do campo democrático, tendo conduzido o Partido Socialista à vitória nas eleições para a Assembleia Constituinte de 1975.

Soares foi ainda ministro dos Negócios Estrangeiros e um dos impulsionadores da independência das colónias portuguesas, participando ativamente nesse processo.

A partir de 1977, colabora no processo de adesão de Portugal à então CEE (hoje, União Europeia), subscrevendo, como primeiro-ministro de Portugal, o Tratado de Adesão, em 12 de julho de 1985.

Além de primeiro-ministro foi Presidente da República, entre 1986 e 1996, e também deputado ao Parlamento Europeu, entre 1999 e 2004. Candidata-se novamente à presidência da República, mas é derrotado.

Desde então, passou a ser uma voz crítica e dedica muito do seu tempo à atividade cívica.

Mário Soares morreu a 7 de janeiro de 2017, depois de ter estado internado durante de duas semanas, em coma profundo, no Hospital da Cruz Vermelha, em São Domingos de Benfica.

Nasceram a 7 de dezembro Bernini, artista italiano (1598), Theodor Schwann, biólogo alemão (1810), Gerard Kuiper, astrónomo holandês (1905), Manuel Pereira da Silva, escultor português (1920), Mário Soares, político português (1924), e Ary dos Santos, poeta português (1937)

Morreram neste dia Cícero, político e orador romano, executado por ordem de Marco António (43 a.C), Papa Eutiquiano (283), Oto II, imperador do Sacro Império Romano (983), Martin Rodbell, bioquímico americano, Nobel de Medicina (1988), Wolfgang Paul, físico alemão (1993), António Alçada Baptista, advogado e romancista português (2007), e Nuno Gonçalves, músico português (2015).

Hoje, assinala-se o Dia Internacional da Aviação Civil.

Mais partilhadas da semana

Subir