Insólito

Tem 55 anos, está na menopausa e teve trigémeos… mais novos do que os netos

Uma britânica que está na menopausa e já tinha quatro filhos e quatro netos deu à luz trigémeos, a 21 de março. Sharon Cutts, uma enfermeira de 55 anos, teve uma gravidez de risco e os médicos chegaram a sugerir que abortasse um dos três bebés.

Apesar de ter quatro filhos (e quatro netos), Sharon Cutts nunca desistiu de voltar a ser mãe. O objetivo foi cumprido a triplicar e Mason, Ryan e Lilly, nascidos a 21 de março no hospital de Nottingham (Inglaterra), já estão em casa na companhia da família, incluindo os sobrinhos, todos mais velhos.

“Não me sinto diferente nem mais cansada do que quando tive os meus outros filhos”, garantiu a ‘trimãe’, antiga militar e maratonista nos tempos livres.

Apesar de estar na menopausa, Sharon Cutts, de 55 anos, nunca desistiu do sonho de ter filhos da relação com Stuart Reynolds, de 40 anos e sem nenhum descendente no ‘currículo’.

A gravidez foi de risco e a enfermeira chegou a estar 11 semanas internada. Os médicos, inclusive, sugeriram que abortasse um dos três fetos para minimizar os riscos associados à gravidez em idade tardia, ideia que Sharon Cutts recusou de imediato.

E como é que uma mulher de 55 anos e na menopausa tem trigémeos? Graças ao sucesso a triplicar na fertilização in vitro, a solução para um casal que tentava engravidar desde 2014: vingaram três dos quatro óvulos (doados e inseminados com o esperma de Stuart Reynolds) implantados.

Agora, para além de cuidar dos três bebés, o casal tem ainda de lidar com os dois empréstimos bancários que contraiu para pagar as despesas dos tratamentos de fertilidade.

207Shares

Mais partilhadas da semana

Subir