Hoje é dia

4 de julho, é ratificada a Declaração da Independência dos EUA

No dia 4 de julho de 1776, é ratificada e publicada a Declaração da Independência dos EUA, que liberta as colónias norte-americanas do poder inglês. Neste dia, recordam-se também nomes como Marie Curie, Albert Einstein, Alfredo Di Stéfano ou Ástor Piazzolla.

Hoje é dia de assinalar a Independência dos Estados Unidos da América, cuja declaração foi ratificada no Congresso Continental a 4 de julho de 1776.

Através daquele documento, as 13 colónias na América do Norte declararam sua independência do Reino Unido, por considerarem que os britânicos estavam a retirar dividendos injustos e abusivos, por via do seu domínio sobre a América do Norte.

Revoltadas com o poderio inglês – devido a cobrança de taxas, impostos para pagar prejuízos de guerras dos ingleses, para usufruir de produtos como o açúcar, entre outras medidas que prejudicavam os norte-americanos –, as 13 colónias avançam para a decisão de tornar o território independente. O processo culmina a 4 de julho, com a ratificação da Declaração da Independência.

Inúmeros eventos históricos colocam os EUA no centro da história mundial deste dia 4 de julho. Em 1848, coloca-se a pedra basilar da construção do Monumento a Washington e em 1863, também a 4 de julho, termina o Cerco de Vicksburg, decisivo na Guerra Civil Americana.

No dia 4 de julho de 1865, é publicado o livro ‘Alice no País das Maravilhas’ e em 1960 os EUA adotam a atual bandeira, que representa 50 estados.

No dia 4 de julho de 1997, chega ao fim a viagem da nave não tripulada ‘Mars Pathfinder’, que pousa na superfície de Marte e mostra as primeiras imagens do planeta vermelho, após percorrer 500 milhões de quilómetros.

Já em 2009, depois de oito anos fechada a visitas, em consequência dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, a Estátua da Liberdade reabre ao público.

Nasceram a 4 de julho George Everest, geógrafo galês (1790), Nathaniel Hawthorne, escritor norte-americano (1804), Giuseppe Garibaldi, patriota italiano, que lutou pela unificação de Itália (1807), Stephen Foster, compositor norte-americano (1826), e Calvin Coolidge, 30.° Presidente dos EUA (1872).

Nasceram também Alfredo Di Stéfano, ex-futebolista argentino (1926), Donald Lathrap, arqueólogo norte-americano (1927), René Arnoux, ex-piloto francês de Fórmula 1 (1948), e John Waite, cantor britânico (1952).

Morreram neste dia o Papa Bento V (966), Rainha Santa Isabel, mulher de D. Dinis (1336), Samuel Richardson, escritor inglês (1761), John Adams e Thomas Jefferson, segundo e terceiro Presidentes dos EUA (1826), e James Monroe, quinto Presidente dos EUA (1831).

Morreram ainda François-René de Chateaubriand, escritor francês (1848), Marie Curie, investigadora coautora do trabalho que levou à descoberta do Rádio e do Polónio (1934), Albert Einstein, Nobel de Física (1955), Ástor Piazzolla, compositor argentino (1992), Barry White, músico e compositor norte-americano (2003), e Henrique Viana, ator português (2007).

Hoje, além do Dia da Independência nos EUA, assinala-se o Dia Internacional do Cooperativismo, definido pela ONU.

Mais partilhadas da semana

Subir