Nas Notícias

25 Abril: CDS-PP revê-se na “ambição” do Presidente na demografia e coesão

O deputado centrista Pedro Mota Soares afirmou hoje que o CDS-PP se revê na “ambição do Presidente da República” e defendeu que o partido tem apresentado propostas para aumentar a natalidade e reforçar a coesão territorial.

“Nós revemo-nos muito nesta ambição do Presidente da República”, disse Pedro Mota Soares, num comentário ao discurso de Marcelo Rebelo de Sousa na sessão solene comemorativa dos 45 anos do 25 de Abril, na Assembleia da República, em Lisboa.

Considerando que o CDS-PP “é hoje a verdadeira alternativa à direita e ao centro” em relação ao Governo PS, o deputado disse que a bancada tem apresentado iniciativas em vários dos temas abordados pelo Presidente da República, destacando a natalidade e a coesão territorial e social.

“Se há partido que na Assembleia da República tem feito um debate franco, transparente e aberto, nomeadamente com o Governo, tem sido o CDS”, considerou.

O dirigente centrista lembrou uma iniciativa para conferir um estatuto fiscal diferenciado ao interior do país para permitir que as pessoas se fixem naquelas regiões.

Por outro lado, Mota Soares destacou o “tema da transformação da economia num mundo cada vez mais digital”, considerando que a “Europa está a ficar para trás” e que as grandes empresas tecnológicas e digitais “não são europeias”.

“Temos de aproveitar melhor os fundos europeus para a transformação da nossa economia”, defendeu.

No seu discurso na sessão solene, o Presidente da República pediu “mais ambição” para resolver os problemas do país e dos “jovens de 2019”, um programa quase impossível em que é preciso garantir a economia a crescer e o endividamento a diminuir.

Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que é preciso “mais ambição no Portugal pós-colonial, mais ambição na democracia, mais ambição na demografia, mais ambição na coesão, mais ambição na era digital e mais ambição na antecipação do futuro do emprego e do trabalho”.

SF (NS) // VAM

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir