Hoje é dia

21 de março, nascem Bach, Bordalo Pinheiro e o Twitter

Nasceram Johann Sebastian Bach, compositor alemão, Rafael Bordalo Pinheiro, artista português, e o Twitter, rede social. Hoje, assinala-se o Dia Internacional da Síndrome de Down, o Dia Internacional da Floresta e o Dia Mundial da Poesia.

Hoje é dia 21 de março, data em que se lembra a assinatura da genialidade, com o compositor Johann Sebastian Bach, que nasceu neste dia, em 1685. Membro de uma família com tradição na música, desde muito jovem mostrou talento, transformando-se num músico completo.

Maestro, cantor, professor, violinista e compositor, Bach foi reconhecido pela crítica, ainda que não tenha conquistado, no seu tempo, a merecida popularidade. Grande parte da sua obra caiu no esquecimento, após a morte.

Rafael Bordalo Pinheiro não foi contemporâneo de Bach, mas curiosamente nasceu no mesmo dia, em 1846. Dezenas de publicações eternizam o trabalho de Bordalo Pinheiro, jornalista, professor desenhador, ilustrador, decorador e caricaturista.

A caricatura portuguesa está associada a esta personalidade. Bordalo Pinheiro é, alias, autor da representação popular do Zé Povinho, um símbolo do povo luso.

Não é música, não é arte, mas é um espaço que reúne milhões. O Twitter nasceu a 21 de março. A criação de Jack Dorsey ganhou notoriedade de forma quase imediata.

Através de ‘tweets’, mensagens colocadas online, estabelece-se um contacto instantâneo entre os utilizadores. É chamado o ‘sms da Internet’, epíteto que resume bem o seu conceito.

Também a 21 de março, mas séculos antes do nascimento do Twitter, de Bordalo Pinheiro e de Bach, Henrique V torna-se o Rei da Inglaterra (1413).

E este dia entra na lista de dias para esquecer, na história do Japão. Em 1857, um sismo em Tóquio mata mais de 100 mil pessoas. Já em 1871, Otto von Bismarck é nomeado chanceler do Império Alemão.

Apartheid. Dia 21 de março de 1960. No massacre de Sharpeville, África do Sul, morrem 69 manifestantes negros sul-africanos desarmados, depois de a polícia abrir fogo, provocando ainda 180 feridos.

Três anos mais tarde, a histórica prisão federal Alcatraz é encerrada, precisamente no dia em que o criador de banda desenhada brasileiro Maurício de Sousa cria a célebre personagem Mónica.

E em 1965, Martin Luther King lidera 3200 pessoas numa marcha pelos direitos civis, de Selma até Montgomery, Alabama. Foi a terceira tentativa da iniciativa, que acabou por ser bem sucedida.

Nas Artes, destaque para a cerimónia de entrega dos Óscares, em 1994, com o filme ‘A Lista de Schindler’, de Steven Spielberg, a receber sete estatuetas.

Nasceram a 21 de março Song Taizu, Imperador chinês (927), Angela Merici, santa italiana (1474), Johann Sebastian Bach, compositor alemão (1685), Jean Paul, escritor alemão (1763), Lucien Bonaparte, político francês (1775), Rafael Bordalo Pinheiro, ilustrador, ceramista e caricaturista português (1846), e Luís Filipe, príncipe Real de Portugal (1887).

Nasceram ainda Van Dyke, diretor de cinema norte-americano (1889), Russ Meyer, diretor de cinema e fotógrafo norte-americano (1922), Dinis Machado, jornalista e escritor português (1930), Ayrton Senna, automobilista brasileiro (1960), Lothar Matthäus, treinador e ex-futebolista alemão (1961), Matthew Broderick, ator norte-americano (1962), Ronald Koeman, ex-futebolista e treinador holandês (1963), e Ronaldinho Gaúcho, futebolista brasileiro (1980).

Morreram neste dia Pocahontas, nativa americana (1617), Guadalupe Victoria, primeiro presidente eleito do México (1843), Félix Nadar, fotógrafo francês (1910), Frederick Taylor, inventor norte-americano (1915), Paul Troost, arquiteto alemão (1934), e Aleksandr Glazunov, compositor russo (1936).

Hoje, assinala-se o Dia Internacional da Síndrome de Down, o Dia Internacional da Floresta e o Dia Mundial da Poesia.

27Shares

Em destaque

Subir