Hoje é dia

21 de julho, nasce Ernest Hemingway, membro da ‘geração perdida’

A 21 de julho de 1899, nasce em Oak Park, nos EUA, Ernest Miller Hemingway, um dos maiores escritores da história da Literatura, que decide morrer aos 61 anos.

Hoje é dia de recordar Hemingway, que nasceu a 21 de julho de 1899. Fazia parte de um grupo de escritores expatriados, conhecida como “a geração perdida”. Foi repórter do jornal North American Newspaper Alliance e trabalhou como correspondente em Madrid, durante a Guerra Civil Espanhola (1937), o que o inspirou para uma das suas maiores obras: ‘Por Quem os Sinos Dobram’.

Esta experiência na capital espanhola levou a que a vida e obra de Hemingway tivessem uma forte ligação com Espanha, onde viveu durante quatro anos – um período curto, mas extremamente marcante para o norte-americano, que criou laços com a cultura e o povo espanhóis, aliando-se às forças republicanas contra o fascismo.

Depois da II Guerra Mundial, Ernest Hemingway instala-se em Cuba e no ano de 1952 publica o livro ‘O Velho e o Mar’, obra-prima graças à qual conquista o Prémio Pulitzer (1953). O escritor norte-americano – que viveu cerca de 20 anos em Cuba – viria a ser também laureado com o Nobel de Literatura em 1954.

Durante toda a vida, Ernest Hemingway abordou a temática do suicídio – quer nos livros, apontamentos, cartas ou até em desabafos com amigos. O seu pai suicidara-se em 1929, devido a problemas financeiros e de saúde, o que marcou profundamente o escritor.

A mãe enviou-lhe, por correio, a pistola com a qual o pai se matara, o que surpreendeu Hemingway, que interpretou aquele ato como uma lembrança sórdida de uma mãe dominadora e insensível, ou um ‘convite’ a que o próprio filho reeditasse a tragédia.

Ernest_Hemingway_900

Certo é que, aos 61 anos, perante graves problemas de depressão, hipertensão, diabetes e lapsos de memória, Hemingway decide morrer.

A 2 de julho de 1961, em Ketchum (EUA), dispara um tiro fatal. Partia precocemente um escritor dono de um talento inesgotável, que conviveu com a morte desde o suicídio do pai. O corpo de Ernest Hemingway está sepultado no cemitério de Ketchum.

No dia em que se assinalava o nascimento de Hemingway, a Antártica atinge, em 1983, a temperatura mais baixa de sempre, registada em todo o mundo: -89,2 graus centígrados.

E também a 21 de julho, em 1990, Roger Waters, membro da banda Pink Floyd, realiza um concerto na Alemanha, em que comemora a queda do muro de Berlim.

A 21 de julho, em 1997, é lançado o primeiro livro da série ‘Harry Potter: Pedra Filosofal’, em inglês, sendo que exatamente 10 anos depois, a autora J. K. Rowling lança o último livro da saga Harry Potter.

Nasceram neste dia Papa Sisto IV (1414), Cristoforo Munari, pintor italiano (1667), Ernest Hemingway, escritor norte-americano (1899), Philippe Ariès, historiador e filósofo francês (1914), Diogo Freitas do Amaral, político português (1941), Cat Stevens, cantor britânico (1948), e Robin Williams, ator norte-americano (1951).

Morreram a 21 de julho Manuel II Paleólogo, imperador bizantino (1425), Robert Burns, poeta escocês (1796), Henning von Tresckow, general alemão opositor do regime nazi (1944), e Alan Shepard, astronauta norte-americano (1998).

80Shares

Mais partilhadas da semana

Subir