Hoje é dia

1 de março, Vasco da Gama chega a Moçambique

vasco_da_gamaHoje é dia de recordar Vasco da Gama, navegador português que a 1 de março de 1498 chegou a Moçambique, na sua viagem rumo à Índia. Frédéric Chopin, Rosa Casaco, Yitzhak Rabin e Daniel Serrão nasceram neste dia, em que se assinala também a morte de Camilo Pessanha.

 

O navio comandado por Vasco da Gama foi um dos a navegar da Europa para a Índia, na mais longa viagem oceânica realizada até à data. A distância da viagem da sua armada foi superior a uma volta ao mundo, pelo Equador.

Manuel I de Portugal confiou a Vasco da Gama o cargo de capitão-mor da frota que rumou de Belém em direção à Índia. O navegador português chegou a Moçambique em 1498, num feito heroico da Era dos Descobrimentos. Esta antiga colónia de Portugal viria a tornar-se independente a 25 de junho de 1975.

Cinco anos antes de Vasco da Gama ter chegado a Moçambique, a caravela La Pinta atraca no porto de Bayona, em Espanha, de regresso da América, em 1493. Foi a primeira conquista da expedição liderada por Cristóvão Colombo.

Em 1815, Napoleão Bonaparte regressa à França, depois do exílio na ilha de Elba, e em 1870 termina a Guerra do Paraguai. Nasce a 1 de março de 1872 o Parque Nacional de Yellowstone, localizado nos estados norte-americanos de Wyoming, Montana e Idaho. É um dos primeiros parques nacionais do mundo.

A Bolívia declara guerra ao Chile, a 1 de março de 1879, na Guerra do Pacífico, e neste dia, em 1894, decorrem as primeiras eleições diretas para o cargo de Presidente do Brasil. Em 1940, Francisco Franco cria legislação contra maçons e comunistas, em Espanha.

O líder da União Soviética, Estaline, sofre um ataque cardíaco a 1 de março de 1953, que lhe provocaria a morte quatro dias depois. Já em 1966, a sonda espacial soviética Venera 3 cai na superfície de Vénus, tornando-se na primeira nave a alcançar a superfície de outro planeta.

O Papa Bento XVI renuncia ao título de Patriarca do Ocidente em 2006 e dois anos depois dá-se início a uma crise diplomática entre a Colômbia, Equador e Venezuela, após a morte de Raúl Reyes, membro do secretariado da FARC na Colômbia.

Nasceram neste dia Afonso VII de Leão e Castela (1105), Sandro Botticelli, pintor italiano (1445), João de Brito, missionário e mártir português (1647), Manuel do Cenáculo, frade português (1724), François Buzot, político francês (1760), Frédéric Chopin, compositor e pianista polaco (1810), Glenn Miller, músico norte-americano (1904), Rosa Casaco, português membro da polícia política do Estado Novo (1915), Yitzhak Rabin, primeiro-ministro israelita (1922), Ruy de Carvalho, ator português (1928), Daniel Serrão, médico português (1928), Seymour Papert, matemático sul-africano e investigador na área da inteligência artificial (1928), Tzvetan Todorov, filósofo e linguista búlgaro (1929), Carlos Queiroz, treinador português (1953), Javier Bardem, ator espanhol (1969) e Justin Bieber, cantor canadiano (1994).

Morreram a 1 de março Leopoldo II, imperador romano-germânico (1792), Ana Pavlovna da Rússia (1865), Camilo Pessanha, poeta português (1926), Alfred Korzybski, filósofo polaco (1950), Dolores Costello, atriz norte-americano (1979), Jackie Coogan, ator norte-americano (1984), Camacho Costa, ator português (2003) e Manuel Galrinho Bento, futebolista português (2007).

 

Mais partilhadas da semana

Subir