Hoje é dia

19 de setembro, morre o primeiro astrónomo a medir a velocidade da luz

O astrónomo dinamarquês Ole Rømer morreu em Copenhaga, a 19 de setembro de 1710. Foi o primeiro cientista a medir a velocidade da luz, provando que a mesma é finita.

Ole Rømer estabeleceu em 1676, apresentando provas científicas, que a velocidade da luz é finita, ainda que extremamente elevada. Conseguiu este avanço através da observação do planeta Júpiter, sobretudo de uma das suas luas: Io.

Rømer observou que a lua Io se eclipsava com Júpiter, a cada 28 horas, e num definido período da órbita terrestre, onde o ponto de observação na Terra para Júpiter era impedido pelo Sol (que estaria entre a Terra e Júpiter, impedindo a observação).

Para calcular a velocidade da luz, faz uma previsão da hora e dia em que seria possível ver o próximo eclipse de Io.

Após verificar os seus cálculos, Ole Rømer retirou as primeiras conclusões científicas sobre a velocidade da luz. Rømer foi contratado pelo governo francês, que reconheceu a excelência do seu trabalho.

Ole Rømer – que participou, também, nas construções das fontes do Palácio de Versalhes – é um dos astrónomos mais reconhecidos do seu tempo e muitas vezes esquecido.

O dia 19 de setembro fica também na História pelos dois sismos no México, separados por… 25 anos.

Em 1985, um violento abalo (8,3 na escala Richter) tornou-se no mais devastador de sempre no país, deixando uma dúvida sobre o verdadeiro número de mortos.

As estatísticas oficiais apontavam para 10 mil, mas a grande maioria dos peritos referia que, na realidade, o número de vítimas mortais deveria rondar os 40 mil.

Em 2017, quando o México assinalava os 25 anos do grande sismo, a terra voltou a tremer.

Morreram 370 pessoas e mais de 6000 ficaram feridas.

Através das redes sociais, o mundo acompanhou o resgate de uma menina de 12 anos que tinha ficado soterrada pelos escombros da escola.

Muitos outros vídeos caíram rapidamente nas redes. Reveja alguns.





Nasceram a 19 de setembro Antonino Pio, imperador Romano (86), D. Miguel II de Bragança, pretendente ao trono português (1853), Ludwig von Bertalanffy, biólogo austríaco (1901), Masatoshi Koshiba, físico japonês (1926), e Jeremy Irons, ator britânico (1948).

Morreram neste dia Ole Rømer, astrónomo dinamarquês (1710), James A. Garfield, ex-presidente norte-americano (1881), Auguste Scheurer-Kestner, químico, industrial e político francês (1899), Konstantin Tsiolkovsky, físico russo (1935), e Italo Calvino, escritor italiano (1985).

20Shares

Mais partilhadas da semana

Subir