Desporto

16.ª jornada: Patrício salva Sporting em Olhão no adeus ao título

sporting_rui_patricio_1A primeira jornada da segunda volta da Liga Zon Sagres fica marcada por novo deslize do Sporting, que empatou a zero esta segunda feira em Olhão com Rui Patrício em grande destaque. Na frente, FC Porto e Benfica ganharam por resultado igual e continuam a escalada separados por dois pontos.

FC Porto e Benfica entraram em campo no sábado. No Dragão, Vítor Pereira queria mais que o 0-1 conquistado na primeira jornada do campeonato em Guimarães. Sem Hulk, ainda a contas com uma lesão, as estrelas foram outras.

O central Rolando abriu o marcador aos 19, numa execução à ponta de lança dentro da grande área vimaranense. Mais golos só na segunda parte, logo à abrir, por João Moutinho. Boa combinação com Kléber com o internacional português a bater Nilson.

O Vitória apareceu depois. Faouzi aproveita uma defesa incompleta de Helton e coloca, de cabeça, o resultado em 2-1. A 15 minutos do fim, uma grande penalidade sofrida e convertida por James Rodriguez fechou o marcador.

O FC Porto cumpria o que lhe era devido e era líder à condição, esperando um deslize do Benfica na Luz, frente ao Gil Vicente, uma das apenas três equipas que tiraram pontos aos encarnados na primeira volta do campeonato.

Duas horas depois do jogo do Dragão, Hugo Miguel dava o inicio da partida na Luz. O Benfica, com Aimar no banco, não fez a primeira parte do costume e deixou o Gil controlar o jogo a seu belo prazer em vários momentos do primeiro tempo. Cardozo precisou no entanto apenas de duas oportunidades. À segunda marcou mesmo. Cruzamento de Nolito com o paraguaio a desviar com sucesso para as redes de Adriano.

A cinco minutos do intervalo, o Gil silenciou a Luz. Grande remate de fora de área de Rodrigo Galo após saída de Artur a punhos.

Nas bancadas sofreu-se até a 20 minutos do final da partida, altura que Rodrigo decidiu colocar um ponto final no empate. Remate do avançado encarnado de fora de área, que beneficia de um desvio de Halisson para fazer o 2-1. Três minutos chegaram depois para o Benfica aumentar a vantagem. Pablo Aimar, aos 74, com uma tabela fantástica com Nolito, bateu sem dificuldades o guarda-redes do Gil.

Três a um no final com o Benfica a recuperar o primeiro lugar e a distanciar-se novamente do FC Porto.

Em Olhão, o Sporting precisava de uma vitória por várias razões. Além da parte moral, o Sporting de Braga tinha ganho no Sábado o Rio Ave por 2-1, e a distância para o terceiro lugar já era de seis pontos.

Ainda antes da partida começar, novo problema para Domingos. Lesão de Schaars no aquecimento. O holandês viu o jogo da bancada e para o seu lugar entrou Carriço.

As oportunidades durante todos os 90 minutos foram repartidas. O Sporting esteve melhor no primeiro tempo, o Olhanense no segundo. Se os avançados leoninos estiveram perdulários na frente de Fabiano, o que dizer da equipa contrária, que viu Rui Patrício fazer defesas impossíveis e segurar mesmo o empate. O guarda-redes internacional português foi mesmo eleito o melhor jogador em campo.

Zero a zero no final da partida e o Sporting continua sem ganhar em 2012. Além dos cinco pontos de diferença para Braga, 11 para o FC Porto e 13 para o Benfica, o Marítimo já se colou aos leões na quarta posição, com 29 pontos, depois de vencer o Beira-Mar nesta 16.ª jornada, por 2-1.

Resultados 16.ª jornada:

Académica 0-0 U. Leiria;
Beira-Mar 1-2 Marítimo;
Nacional 2-0 Feirense;
Paços de Ferreira 2-1 V. Setúbal;
SC Braga 2-1 Rio Ave;
FC Porto 3-1 V. Guimarães;
Benfica 3-1 Gil Vicente;
Olhanense 0-0 Sporting

Em destaque

Subir