Desporto

Mourinho paga dois milhões por fraude fiscal com pena de prisão suspensa

O treinador português estabeleceu um acordo com o fisco espanhol que prevê o pagamento de uma multa de dois milhões de euros e um ano de pena suspensa. Segundo avança o jornal El Mundo, José Mourinho irá confessar crimes de fraude fiscal.

José Mourinho vai pagar dois milhões de euros ao fisco espanhol, num acordo aceite pelo técnico português que prevê uma pena suspensa de um ano.

A notícia é avançada pelo jornal El Mundo e reporta a um caso de alegada fuga ao fisco, em rendimentos provenientes de direitos de imagem, quando treinava o Real Madrid, em 2011 e 2012.

O técnico não terá pago 3,3 milhões de euros ao fisco espanhol, segundo a acusação. Terá recorrido a offshores para ocultar aqueles rendimentos – cerca de 1,6 milhões em 2011 e quase 1,7 milhões no ano seguinte.

Este acordo é muito semelhante ao que Cristiano Ronaldo estabeleceu, ainda que o jogador entretanto transferido para a Juventus tenha pago um valor muito superior: cerca de 19 milhões.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir