Desporto

Vitória de Setúbal quer debater vídeoárbitro com Conselho de Arbitragem

O Vitória de Setúbal, da I Liga, vai solicitar uma reunião com o Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol para debater situações relacionadas com a intervenção do vídeoárbitro (VAR) nas partidas em que o clube participa.

Na origem da tomada de posição da administração da SAD, anunciada hoje na página oficial do clube, estão as decisões em que os sadinos afirmam ter sido prejudicados, a última das quais no jogo de sábado que terminou empatado (1-1) no reduto do Vitória de Guimarães.

Na partida da 30.ª jornada do campeonato, os sadinos contestam o lance que deu origem ao golo dos vimaranenses por ter sido obtido numa jogada precedida de fora de jogo [Konan está em fora de jogo no cruzamento para João Aurélio].

“A administração da SAD sublinha que pede a reunião por entender que estes assuntos devem ser discutidos em sede própria e porque não pretende aumentar o estado de polémica permanente em que vive o futebol português”, lê-se.

Além das questões relacionadas com o VAR, o Vitória de Setúbal pretende também fazer uma exposição à Liga Portuguesa de Futebol Profissional sobre o apedrejamento do autocarro que transportava mais de 70 adeptos, incidente do qual resultaram três feridos.

“Vai ser solicitada uma reunião com o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional [Pedro Proença], no sentido de analisar o grave incidente ocorrido com um autocarro de adeptos vitorianos após o jogo de sábado em Guimarães, para que se apurem responsabilidades e os autores dos mesmos sejam punidos. A ocorrência vai também ser participada ao Ministério Público, para competente investigação”, revelam.

Mais partilhadas da semana

Subir