Ásia

Vídeo: Youtuber filma vítima de suicídio pendurada numa árvore

Um youtuber norte-americano seguido por mais de 15 milhões de pessoas está debaixo de um coro de críticas, depois de ter publicado um vídeo onde surge uma vítima de suicídio, pendurada numa árvore. Logan Paul emitiu um pedido de desculpas, insuficiente para pôr cobro à polémica. As imagens, apesar de editadas, podem perturbar alguns leitores.

O vlogger e youtuber Logan Paul, de 22 anos, divulgou um registo feito numa floresta no Japão, onde surgiu um corpo de uma vítima de suicídio.

No vídeo, intitulado ‘Encontrámos um cadáver na floresta suicida japonesa’, Paul é visto com amigos em Aokigahara, onde descobrem o corpo de um homem pendurado, apenas com o rosto encoberto.

Aokigahara, também conhecida como ‘Mar de Corpos’, é uma floresta de 38 quilómetros quadrados, situada a noroeste do monte Fuji.

As imagens foram vistas mais de um milhão de pessoas e a dimensão mediática que ganharam no YouTube deu origem a uma forte polémica, com Logan a ser acusado de desrespeitar a vítima e de brincar com o suicídio.

Rapidamente, o norte-americano percebeu a irresponsabilidade do seu ato e pediu desculpa, num comunicado publicado em diferentes plataformas online, entre as quais o Twitter.

“Peço desculpa”, escreve, contando que quis mostrar o lado “assombrado da floresta”, um local conhecido por ser palco de inúmeros suicídios.

Logan Paul assumiu o erro e lamentou o “choque” provocado pelo registo. Mas nem o pedido de desculpa foi suficiente para calar os seus críticos.

Há quem considere que o youtuber cometeu o seu ‘suicídio’, numa carreira até agora bem sucedida.

As imagens, apesar de editadas, podem perturbar alguns leitores.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: