Nacional

Vídeo: “Sofri e chorei por me chamarem Popota”, revela Fanny

Fanny Rodrigues ficou revoltada com a “crueldade” das mulheres. “Falam de solidariedade feminina, mas a maioria que me chamava Popota foram as mulheres”, revelou, confessando que essa alcunha a fez sofrer e chorar.

A ex-concorrente de reality shows está agora a tentar apostar na carreira literária, tendo escrito um livro, ‘A vida tal como é’.

Ao lançar a obra, a editora Cordel D’Prata revelou um lado intimista de Fanny.

“Há mulheres que me metem impressão. Falam de solidariedade feminina, dizem que temos de defender as mulheres, mas a maioria das pessoas que me chamaram Popota nem foram os homens, foram mulheres”, revelou.

“Mulheres que já foram mães, foram avós, são filhas, que vão ser mães, vão emagrecer como vão engordar, faz parte da vida”.

“Sofri, claro que sofri”, confessou Fanny: “E chorei muito!”

“Dou graças a Deus de ter o arcaboiço psicológico que tenho… Penso nisso e dá-me vontade de arrebentar tudo”

Mais partilhadas da semana

Subir