Mundo

Vídeo: Sara Sampaio fala de nudez e abusos no mundo da moda

Sara Sampaio esteve na Web Summit e deixou alguns recados para quem seja vítima de alguns abusos impostos pela indústria da moda. A modelo portuguesa incentivou as pessoas a em esses casos, quando existirem, e falou do impacto que um post pode ter.

“Estás publicamente a alguém e é algo que a indústria [da moda] precisa, que se denuncie e se responsabilize as pessoas pelas suas ações”, disse a modelo.

Sara Sampaio explicou ainda que é necessário “responsabilizar as pessoas pelas suas ações e não fingir que não aconteceu” e deu um exemplo do fotógrafo norte-americano Terry Richardson.

“Toda a gente sabe que acontece e ninguém faz nada, toda a gente sabia do Terry Richardson e ninguém fez nada e agora usam-no como bode expiatório, é uma grande hipocrisia.”

A portuguesa foi mais longe e apontou o dedo às agências de modelo que “não deviam enviar modelos para sessões com um fotógrafo que se sabe que é abusador” e as revistas “que não deviam trabalhar com ele”.

Na conferência ‘The modern day model’, no palco Modum da Web Summit, Sara Sampaio lembrou ainda um episódio recente a envolver a sua nudez e disse que “as novas caras sentem que não têm voz, mas têm”.

“As publicações nas redes sociais podem tornar-se virais, mesmo que não tenhas muito seguidores”.

E completou: “Os modelos têm agora esse poder, não podem forçar-te a fazer coisas, porque podes recorrer às redes sociais e . Quando começarem [as denúncias] é uma grande mudança na indústria que está prestes a acontecer.”

“Empurrada a fazer coisas que não queria”

Sara Sampaio falou ainda sobre o seu trajeto no mundo da moda e diz que foi “empurrada a fazer coisas que não queria”.

“Faz parte da indústria”, admite, dizendo que “as modelos estão fartas com o que se passa”.

“Eu estou. E nem posso imaginar as raparigas…há muita merda por que passam as raparigas menores de idade: fotos em ‘topless’, serem sexualizadas. Há bullying para nudez. Não tem que ser assim”.

Veja o vídeo da conferência de Sara Sampaio, em inglês, na Web Summit, em Lisboa, esta quinta-feira.


Mais partilhadas da semana

Subir