Ciência

Vídeo: Polvos dão passeios noturnos que surpreendem os cientistas

O lugar dos polvos é no mar (ou no tacho, segundo os apreciadores), não na areia. Mas há já três noites que dezenas de octópodes abandonam a água para caminhar no areal de uma praia do País de Gales, à noite. Os cientistas não sabem explicar a razão destes passeios noturnos.

Foram contados pelo menos 25 polvos, com tamanhos a rondar os 50 centímetros, em três noites seguidas, na praia de New Quay, na região de Ceredigion.

Muitos não regressaram ao mar: foram encontrados mortos na manhã seguinte.

A primeira testemunha deste fenómeno foi Brett Jones, gerente de uma empresa de passeios para ver golfinhos.

“Parecia um cenário dos dias do fim… Havia uns 20, 25 polvos no areal. Nunca tinha visto sequer um fora de água, quanto mais a andarem assim pela areia”, afirmou, em declarações à BBC.

Nem Brett Jones, nem os cientistas. Os biólogos estão intrigados com este fenómeno e, embora considerem algumas alternativas mais credíveis, a verdade é que não são capazes de apontar um motivo para estes bizarros passeios noturnos.

“Talvez tenham ficado desorientados com a poluição luminosa do porto de New Quay”, atira Brett Jones, lembrando-se de seguida de mais duas teorias: “Ou então estão a morrer por causa do fim do verão ou por terem ficado de alguma forma feridos nas recentes tempestades”.

 


Mais partilhadas da semana

Subir