Insólito

Vídeo: “Não corram nus e não tenham relações nas rotundas”, pede a Noruega aos recém-graduados

A autoridade rodoviária da Noruega emitiu um apelo tão estranho quanto… óbvio. “Não corram nus, nem tenham relações nas rotundas”, pediu a NPRA, numa mensagem dirigida aos alunos que terminam o ensino secundário.

Amanhã começa a ‘Russefeiring’, uma espécie de ‘Queima das Fitas’ para os adolescentes noruegueses que terminam o secundário. E as celebrações prosseguem até ao dia do país, 17 de maio.

E o que fazem os ‘graduados’? Correm nus pelas estradas e pontes e, sempre que possível, têm relações… nas rotundas.

É também ‘normal’ decorarem carros e partirem em desfile para localidades que desconhecem.

Os festejos dos alunos são regados com muita bebida alcoólica e, acreditam as autoridades, drogas recreativas… e outras mais pesadas.

De acordo com o jornal Ringsaker Blad, os adolescentes que terminam o secundário têm ainda de passar por um último ‘exame’, uma lista com 100 desafios.

É nessa lista que constam, por exemplo, as práticas de correr nu pela ponte Mjøsbrua (com 1,4 quilómetros de comprimento) e de ter relações em pelo menos três rotundas.

“Houve muita criatividade de quem pensou nesses desafios, mas visto de uma perspetiva ‘adulta’ temos de admitir que alguns são simplesmente parvos, embora sejam apenas uma forma de celebrar a graduação. Só que há muitos desafios que são um risco para quem os pratica e para os outros”, alertou Terje Moe Gustavsen, diretor da autoridade rodoviária norueguesa.

“Pode não haver perigo para alguém que corra na ponte sem roupa, mas um condutor pode ser surpreendido e distrair-se”, acrescentou Gustavsen.

A ‘Russefeiring’ data desde 1905 e é bastante citada na cultura popular norueguesa, tendo até sido referida por Bjørnstjerne Bjørnson, vencedor do prémio Nobel da Literatura.


Mais partilhadas da semana

Subir