EUA

Vídeo: Mulher norte-americana morre enquanto fazia direto no Facebook Live e ninguém pede auxílio

Keiana Herndon, uma mulher de 26 anos e residente em El Dorado, Arkansas, nos Estados Unidos, enquanto transmitia um vídeo em direto pelo Facebook Live, em que cantava e respondida às questões das centenas de seguidores, sentiu-se mal e acabou por morrer.

Apesar das centenas de pessoas que assistiam ao vídeo em direto, ninguém deu o alerta às autoridades do sucedido. O seu filho, de um ano, estava junto a si e começou a gritar quando a mãe caiu inanimada no chão.

O vídeo continuou em direto e, segundo o New York Daily News eram muitas pessoas que assistiam nesse preciso momento. No entanto, ninguém ficou preocupado com a situação.

Só apenas meia hora depois é que Keiana foi encontrada por um amigo que chegou a casa e pediu ajuda, tendo chegado tarde demais.

“É incrível como alguém vê outra pessoa a dar o último suspiro, mas não faz nada”, lamentou Richard, o pai de Keiana, que ficou perplexo com a passividade dos internautas. “Assim que ela caiu e não voltou a pegar no telemóvel, deviam ter feito alguma coisa”, acrescentou a irmã, Keishun Brown.

Por enquanto não são conhecidas as causas da morte repentina de Keiana, apesar de saber-se que esta tinha problemas de tiroide, tendo já sofrido ataques semelhantes.


Patrocinado

Apps PT Jornal

Descarregar na App StoreDescarregar do Google Play

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir
error: