EUA

Vídeo: Mulher norte-americana morre enquanto fazia direto no Facebook Live e ninguém pede auxílio

Keiana Herndon, uma mulher de 26 anos e residente em El Dorado, Arkansas, nos Estados Unidos, enquanto transmitia um vídeo em direto pelo Facebook Live, em que cantava e respondida às questões das centenas de seguidores, sentiu-se mal e acabou por morrer.

Apesar das centenas de pessoas que assistiam ao vídeo em direto, ninguém deu o alerta às autoridades do sucedido. O seu filho, de um ano, estava junto a si e começou a gritar quando a mãe caiu inanimada no chão.

O vídeo continuou em direto e, segundo o New York Daily News eram muitas pessoas que assistiam nesse preciso momento. No entanto, ninguém ficou preocupado com a situação.

Só apenas meia hora depois é que Keiana foi encontrada por um amigo que chegou a casa e pediu ajuda, tendo chegado tarde demais.

“É incrível como alguém vê outra pessoa a dar o último suspiro, mas não faz nada”, lamentou Richard, o pai de Keiana, que ficou perplexo com a passividade dos internautas. “Assim que ela caiu e não voltou a pegar no telemóvel, deviam ter feito alguma coisa”, acrescentou a irmã, Keishun Brown.

Por enquanto não são conhecidas as causas da morte repentina de Keiana, apesar de saber-se que esta tinha problemas de tiroide, tendo já sofrido ataques semelhantes.


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir