Nas Redes

Vídeo: Tem mesada de 836 euros, mas “não consegue viver” com tão pouco

Uma adolescente de 15 anos foi pedir ajuda ao mediático doutor Phil porque “não consegue viver” com a mesada tão baixa que a mãe lhe dá: afinal, são apenas 1000 dólares, cerca de 836 euros.

Nicolette Gray foi à televisão exigir que a mãe quintuplique a mesada, pois “o mínimo” para levar “uma vida de Beverly Hills” é um valor a rondar os 5000 dólares.

Afinal, foi a mãe que a criou para ser “uma menina mimada de Beverly Hills”, a capital das crianças mimadas dos EUA.

“Preciso de comprar roupa, carteiras, jóias e pagar a um personal trainer”, elencou Nicolette Gray.

“A culpa é dela”, insistiu a adolescente: afinal, a mãe nunca lhe dá boleia, nem cozinha.

“Podia cozinhar em casa, mas é chato. Não gosto de cozinhar porque é uma confusão, depois é preciso limpar e lavar a louça. Prefiro comer fora”, acrescentou.

Nicolette Gray ficou ainda surpreendida porque o carro que ela tanto quer é bem mais valioso do que o usado pelo doutor Phil, o psicólogo que protagoniza o famoso programa sobre os problemas sociais da atualidade.

“E para chamar um táxi tem de ser no mínimo o Uber-X”, o serviço de luxo, frisou a adolescente.


Mais partilhadas da semana

Subir