Mundo

Vídeo: A melhor maneira de lidar com a ansiedade

A ansiedade é um problema recorrente e comum a quase todas as pessoas – seja antes de um exame, de acontecimento importante, ou até durante uma sessão de cinema menos simpática. Para algumas pessoas, no entanto, a ansiedade pode tornar-se “desordenada” e afetar negativamente as suas vidas. A AsapScience publicou um vídeo que explica a origem deste problema.

O vídeo conta que há sete milhões de pessoas que sofrem experiências de ansiedade generalizada, a dita “ansiedade excessiva” e que pode ocorrer vários dias, pelo menos num espaço de seis meses.

Os sintomas mais frequentes da ansiedade incluem um sono perturbado, irritabilidade e tensão muscular, sendo que ansiedade generalizada pode levar, também, a ataques de pânico, descritos pela AsapScience, no vídeo, como “episódios curtos e repentinos de medo intenso, que desencadeiam uma reação física severa, com frequência cardíaca acelerada, falta de ar e tonturas”.

No vídeo percebe-se também que qualquer pessoa pode sofrer um ataque de ansiedade, seja ou não uma pessoa tipicamente ansiosa.

Cerca de 40 por cento das pessoas que tenham transtorno de ansiedade têm um familiar que sofre dos mesmos sintomas.

De acordo com o vídeo da AsapSciente, a ansiedade é desencadeada pela amígdala e hipotálamo, controlando a circulação de cortisol e a adrenalina no corpo. Devido à alta ligação genética, é possível que esses níveis hormonais estejam ligados aos nossos genes.

Nesse sentido, o ambiente é um fator importante no desencadear da ansiedade, já que certos distúrbios deste transtorno são causadas com experiências traumáticas passadas.

A variação de transmissores de neutrões são também tidos em conta na origem da ansiedade.

“A base neuro-química da ansiedade é extremamente complicada, e não é aconselhável dizer a algum para se acalmar ou superar”, concluí o vídeo.

Veja-o aqui.

 

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: