Nas Notícias

Vídeo: Catalães cantam a “Grândola” e Marcelo emociona-se

O Presidente da República disse hoje que se emocionou ao ouvir a canção “Grândola, Vila Morena” nas Cortes espanholas, associando-a ao 25 de Abril, contornando o facto de ter sido cantada por parlamentares pró-independência da Catalunha. Veja o vídeo.

Esse gesto simbólico de cerca de 20 parlamentares, com cravos amarelos ao peito em sinal de apoio aos políticos catalães presos, marcou a sessão solene conjunta do Congresso dos Deputados e do Senado de Espanha na qual Marcelo Rebelo de Sousa interveio hoje à tarde, durante a sua visita de Estado a Espanha.

No final de uma receção no Palácio do Pardo, nos arredores de Madrid, questionado sobre esse momento, o chefe de Estado começou por dizer que ficou “muito emocionado com o aplauso unânime de todos, todos os deputados, de todas as bancadas” à sua intervenção nas Cortes de Espanha, dedicada à democracia, observando: “Na Assembleia da República isso nunca me aconteceu”.

“Como também me emocionou o facto de, falando eu de democracia – e democracia para nós é 25 de Abril, e 25 de Abril para nós tem, como um dos símbolos, a ‘Grândola, Vila Morena’ -ouvir cantar no fim da sessão a ‘Grândola, Vila Morena'”, acrescentou o Presidente da República, que chegou a cantarolar da tribuna alguns versos da canção de Zeca Afonso, antes de sair do hemiciclo.

“Ouvir cantar um dos símbolos do 25 de Abril, depois do elogio à democracia, nas Cortes espanholas, com um aplauso unânime a Portugal, temos de admitir que não podia deixar de me emocionar”, reforçou.

Questionado sobre a associação da canção, neste episódio, à causa da independência da Catalunha, contrapôs: “O 25 de Abril é o 25 de Abril, ‘Grândola, Vila Morena’ é ‘Grândola, Vila Morena’ e, portanto, para o Presidente da República Portuguesa não há democracia sem o 25 de Abril, e uma das evocações é a Grândola, Vila Morena”.

Veja o momento em que os independentistas cantaram aquela que é tida como a música da Liberdade em Portugal:


Mais partilhadas da semana

Subir