Desporto

Vídeo-árbitro ainda não convenceu presidente da UEFA

O presidente da UEFA não está convencido das virtudes do vídeo-árbitro.

Aleksander Ceferin diz que é necessária a realização de “muitos testes” para perceber o impacto desta tecnologia que começará a ser aplicada na nova temporada na Liga portuguesa.

“Não rejeitamos a tecnologia mas a UEFA não tem planos de implementar o vídeo árbitro”, disse, em entrevista ao jornal Mladina, da Eslovénia, seu país natal.

“Não podemos destruir o ritmo do jogo, permitindo que a acção seja parada por vários minutos a cada 10 minutos”, acrescentou.

Por outro lado, Aleksander Ceferin falou de um outro meio auxiliar de apoio às equipas de arbitragem.

“A tecnologia da linha de golo evoluiu muito bem, apesar dos seus muitos críticos”, completou.


Patrocinado

Apps PT Jornal

Descarregar na App StoreDescarregar do Google Play

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir