Mundo

Vidente norte-americano defende que guerra nuclear começará durante o Centenário de Fátima

Horacio Villegas, um vidente norte-americano, defende que a Terceira Guerra Mundial e terá início durante as celebrações do Centenário das Aparições de Fátima, que é celebrado no próximo dia 13 de maio.

Já em 2015 este homem previu que um milionário se iria tornar no presidente dos EUA e que este iria atacar a Síria. Villegas diz que é um “mensageiro de Deus” e que teve um sonho profético, no qual viu “bolas de fogo a cair do céu, destruindo a Terra”.

“Vi pessoas a correr de um lado para o outro em pânico, a tentar esconder-se da destruição. Acredito que tenham sido símbolos de mísseis nucleares que vão cair em várias cidades do mundo”, contou o norte-americano ao ‘Daily Star’.

Deste modo, o vidente acredita e avisa que a guerra nuclear está para muito breve. É aqui que relembramos um dos Segredos revelados por Nossa Senhora aos pastorinhos: caso os seus pedidos fossem concretizados “a Rússia se converterá e terão paz, se não, espalhará os seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja, os bons serão martirizados, o Santo Padre terá muito que sofrer, várias nações serão aniquiladas, por fim o meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre consagrar-me-á a Rússia, que se converterá e será concedido ao mundo algum tempo de paz”.

Este “algum tempo de paz”, segundo Villegas, tem os dias contados, nomeadamente acabará em maio, no centenário das Aparições. O vidente prevê que um ciclo se irá fechar em outubro, mês em que há 100 anos atrás marcou a última aparição de Nossa Senhora, na qual revelou aos pastorinhos que “a guerra vai acabar e os soldados vão regressar a casa”.

“A mensagem principal que as pessoas têm de ter para se prepararem é que, entre 13 de maio e 13 de outubro, vai ocorrer uma guerra que trará devastação, choque e morte”, afirmou Villegas.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir