Nas Notícias

Vice do CDS diz que Governo é “troika sem a troika”

Nuno Melo, vice-presidente do CDS-PP, acusou o Governo de ser a “troika” do país, numa altura em que a “troika” já deixou Portugal, após a assistência financeira.

“Há pouco tempo criticava outros por irem além da ‘troika’ e agora quer, na arbitrariedade das decisões políticas, cobrar mais impostos através de Bruxelas. Se o anterior governo ia além da ‘troika’, este Governo é a ‘troika’ sem ‘troika’. É a ‘troika’ por si e por interposta pessoa”, afirmou Nuno Melo, em declarações à Lusa.

O eurodeputado centrista comentava a notícia do Público em que era dito que Governo pretende novas fontes de financiamento das instituições europeias por via da criação de três novos impostos europeus.

“Obviamente que relativamente a esta nova vontade de entrar no bolso dos portugueses, desta vez através de Bruxelas, o CDS manifesta-se frontalmente contra”, manifestou.

Nuno Melo vai mais longe e considera que “António Costa e o PS entendem manifestamente que o Estado soberano com tantos séculos como Portugal deve ser transformado numa espécie de região europeia”.

Mais partilhadas da semana

Subir