Mundo

Venezuela: 3,7 milhões em bens alimentares roubados de padaria de portugueses

Uma dezena de pessoas assaltou uma padaria portuguesa no estado venezuelano de Vargas, tendo roubado bens alimentares no valor de 50 milhões de bolívares – 3,7 milhões de euros.

De acordo com informações da agência Lusa, o assalto aconteceu na manhã desta quinta-feira, dia 11 de janeiro, período da tarde em Lisboa, quando um grupo de 10 pessoas chegou à padaria Brisas del Mar, em Cátia La Mar, a norte de Caracas, e incentivaram as pessoas presentes a saquear o estabelecimento.

Face à recusa dos clientes, os assaltantes decidiram levar todos os queijos, enchidos e sumos de fruta que havia na padaria.

“Não se pode falar de um saque, porque as pessoas que estavam na fila para comprar pão não se mexeram. Havia pão em quantidade suficiente e os criminosos não levaram nem um pão”, contou o proprietário do estabelecimento.

José Rodríguez apelou às autoridades para que as ações de combate à insegurança sejam reforçadas, de forma a “garantir os alimentos ao povo” e lamentando que “não é justo que nos façam isto”.

Uma loja de bebidas alcoólicas também terá sido assaltada, onde o alvo foram garrafas de aguardente, de acordo com fontes não oficiais.

A insegurança no país tem sido fortemente criticada pela população, uma situação que afeta cidadãos nacionais e estrangeiros.

Nos últimos dias, recorde-se, a população da Venezuela tem recorrido a alimentos para cães para vencer a fome, chegando inclusive a matar vacas que se encontram em campos.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: