Tecnologia

Vendas de Automóveis: Chrysler cresce 27 por cento e General Motors 20 pontos

chryslerAs vendas das construtoras automóveis americanas General Motors e Chrysler aumentaram em setembro, respetivamente, 19,8 e 27 por cento face a setembro do ano passado, apesar do clima económico adverso que, até agora tem poupado o mercado automóvel americano.

Em setembro, a General Motors (GM) vendeu 207.145 veículos, contra 218.479 em agosto, revelou hoje a empresa, com a Chevrolet a ser a divisão do grupo que mais vendas assegurou, com 71 por cento de todas as unidades vendidas.

“Todos os fatores que dizem que esta é uma boa altura para comprar um novo veículo pesam mais que as más notícias que parecem estar a travar a recuperação económica, de forma geral”, afirmou Don Johnson, vice-presidente da GM.

Já a construtora Chrysler, a terceira maior dos Estados Unidos, viu as vendas de setembro de 2011 aumentarem 27 por cento face ao mesmo mês de 2010 e estabilizar face a agosto do corrente ano.

As vendas totais da Chrysler, em setembro, atingiram os 127.334 veículos, um pouco abaixo dos 130.119 veículos que se venderam em agosto.

“Setembro foi também o nosso 18.º mês consecutivo de crescimento homólogo das vendas (…) Não há nenhum regresso à recessão, por estes lados”, disse em comunicado o diretor de vendas nos Estados Unidos, Reid Bigland.

Segundo a Chrysler, em todo o setor automóvel, se o ritmo de vendas em setembro se mantiver até ao final do ano, vão acabar por se vender 13,2 milhões de viaturas, um nível que não se via desde 2007.

Mais partilhadas da semana

Subir