Fórmula 1

Valtteri Bottas o ‘dono’ do segundo dia em Barcelona

O segundo dia de testes em Barcelona viu a Mercedes regressar ao topo de tabela de tempos e contrariar a tendência da véspera, quando Max Verstappen e a Red Bull ditaram o ritmo.

Nesta quarta-feira foi Valtteri Bottas o mais rápido, ainda que o finlandês tenha utilizado pneus super macios no seu Mercedes para realizar uma volta ao Circuito da Catalinha em 1m16,904s, superando em 0,068s António Giovinazzi, que aos comandos do Ferrari completou 148 voltas, mais do que qualquer outro dos pilotos em ação.

Atrás do italiano ficou Lando Norris, na sua última volta aos comandos do McLaren, com os Pirelli macios montados. O jovem britânico foi 1,135s mais lento do que Bottas e protagonizou um pião na curva 12 durante a fase matinal, para da parte da tarde ficar parado na pista, provocando uma interrupção na sessão.

O quarto tempo foi conseguido por Kevin Magnussen aos comandos do Haas, que tinha pneus hiper macios montados. Mas o sexto classificado do Grande Prémio de Espanha não evitou uma saída entre as curvas 2 e 3, provocando uma das situações de bandeiras vermelhas do dia.

Nikita Makepin, aos comandos do Force India com pirelli macios montados, fechou o top cinco, com uma volta realizada a apenas 20 minutos do fim da sessão, terminando à frente de Jack Aitken, que se estreou aos comandos do Renault com uma melhor volta feita com pneus ultra macios ainda de manhã.

Charles Leclerc no Sauber não conseguiu melhorar o seu tempo da manhã e terminou com o sétimo registo, sucedendo o mesmo com Robert Kubica no Williams, com o polaco a usar pneus hiper macios para obter o oitavo ‘crono’.

Na Toro Rosso Pierre Gasly rendeu Sean Gelael, mas com pneus médios apenas obteve o nono registo, à frente de Stoffel Vandoorne, que também rodou com o McLaren. Atrás dos dois outro estreante, Jake Dennis, que tripulou pela primeira vez o Red Bull e foi progredindo em termos de tempo por volta ao longo do dia.

Mais partilhadas da semana

Subir