Desporto

UEFA exclui Skenderbeu das provas europeias por 10 anos

A UEFA excluiu hoje o clube albanês Skenderbeu de todas as competições europeias de futebol para os próximos 10 anos e aplicou–lhe uma multa de um milhão de euros, por manipulação de resultados em mais de 50 jogos.

“A UEFA ‘afunda’ o Skenderbeu com 10 anos de exclusão e um milhão de euros de multa”, escreveu hoje o diário ‘Shqiptarja.com’.

A imprensa albanesa revela a existência de um relatório elaborado em fevereiro por inspetores da UEFA, no qual o Skënderbeu é acusado de manipular resultados de mais de 50 jogos da Superliga da Albânia, da Liga dos Campeões e de vários jogos de caráter particular.

Segundo o jornal ‘Panorama, o organismo máximo do futebol europeu informou o Skenderbeu que o castigo foi decidido no passado dia 21, mas que só hoje decidiu divulgá-lo publicamente.

No entanto, até ao momento a UEFA não se pronunciou sobre este caso, nem tornou público qualquer comunicado oficial.

A Comissão Disciplinar e de Ética da UEFA terá decidido aplicar este castigo ao Skenderbeu na sequência de uma investigação que se baseou na recolha de dados do sistema de deteção de fraudes e apostas da UEFA (BFDS), cujos inspetores receberam intimidações e ameaças de morte anónimas para que não prosseguissem com as investigações, segundo relata hoje a imprensa albanesa.

Esta é a primeira vez, a confirmarem-se as revelações dos órgãos de comunicação social albaneses, que uma equipa da Albânia sofre uma sanção tão severa da UEFA.

O jornal ‘Sport Ekspres’ revela que a decisão da UEFA, sendo uma ‘sentença de morte’ para o Skenderbeu, não suscitou uma reação de surpresa ao presidente do clube, Ardjan Takaj, que afirmou aguardar serenamente pelo desenvolvimento do caso.

Em declarações ao ‘Panorama Sport’, Takaj assegurou que o Skenderbeu é inocente das acusações e que vai recorrer aos tribunais se se vier a confirmar a punição da UEFA.

“Estamos convencidos da nossa inocência e se o Comité Internacional de Arbitragem avançar com esta decisão, provavelmente iremos recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), na Suíça”, afirmou hoje Takaj à imprensa albanesa, garantindo aos adeptos do Skenderbeu que o clube irá participar na Liga dos Campeões Europeus da próxima época.

No passado mês de fevereiro, milhares de adeptos e habitantes da cidade de Korça reuniram-se na rua principal para protestar contra a possível expulsão do Skënderbeu das competições europeias pela UEFA.

O Skenderbeu já tinha sido excluído das competições da UEFA devido à manipulação de resultados durante a temporada 2016/2017, embora a sanção tivesse sido muito mais branda que aquela que a imprensa albanesa agora dá conta.

Mais partilhadas da semana

Subir