Mundo

Trump terá pago 105 mil euros para esconder relação com atriz porno

Uma atriz pornográfica terá recebido 130 mil dólares – cerca de 105 mil euros – depois de assinar um acordo com o advogado de Donald Trump, onde garantia manter sigilo sobre um encontro sexual que terá tido com o presidente norte-americano quando a esposa, Melania, estaria grávida do filho de ambos.

De acordo com o The Wall Street Journal, o pagamento terá sido realizado antes da eleição de Donald Trump para presidente dos Estados Unidos, em outubro de 2016, com o objetivo de esconder um caso que aconteceu há mais de 10 anos.

Numa altura em que Trump estava debaixo de fogo por declarações polémicas contra as mulheres, Stephanie Clifford, de 38 anos, estava decidida a divulgar toda a história à cadeia televisiva ABC, no programa Good Morning.

O jornal refere ainda que o encontro terá acontecido em 2006, quando Stormy Daniels – como é conhecida a atriz – encontrou Trump num torneio de golfe destinado a celebridades. Na altura, Melania estaria grávida.

Segundo o relatório a que The Wall Street Journa teve acesso, o acordo celebrado pelo advogado de Trump, Michael Cohen, dava conta da utilização de dois pseudónimos: Stephanie apelidada de Peggy Peterson, enquanto o presidente norte-americano foi chamado de David Dennison.

Num e-mail enviado ao jornal por Michael Cohen, Donald Trump “nega veementemente que isso tenha acontecido, tal como a senhora Daniels”.

Numa outra carta enviada, o advogado anexa depoimentos da atriz para sustentar que as alegações de um envolvimento são “completamente falsas”.

Stephanie, acrescente-se, considera também “falsos” os “rumores” de que recebeu dinheiro para manter o silêncio.

Ver mais

Mais partilhadas da semana

Subir