Nas Notícias

Trabalhadores dos CTT vão ter aumentos salariais

Os trabalhadores dos CTT vão receber este mês os salários com aumentos entre 1,1 por cento e 1,3 por cento, num mínimo de 12 euros, no âmbito de um acordo hoje estabelecido entre os seus representantes e a empresa.

O acordo de princípio foi subscrito por quase todos os sindicatos com associados nos CTT, filiados na CGTP, na UGT e independentes.

Segundo um comunicado do Sindicato Democrático dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SINDETELCO), filiado na UGT, os aumentos salariais são retroativos a janeiro e vão ser aplicados aos trabalhadores dos Correios de Portugal e das restantes empresas do grupo.

Para Fernando Ambrioso, dirigente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT), filiado na CGTP, “este foi o acordo possível” em termos salariais.

O sindicalista disse à agência Lusa que uma das vantagens do acordo de princípio é o reforço do número de carteiros e de trabalhadores das lojas CTT.

Ficou acordado que vão ser admitidos 50 carteiros e 50 trabalhadores para os atendimentos nos balcões CTT até ao final de 2018.

No primeiro semestre de 2009 serão admitidos mais 25 carteiros.

Mais partilhadas da semana

Subir