Tecnologia

Sony termina parceria com a Samsung nos ecrãs LCD

sony1Chega ao fim uma relação de sete anos de duas das maiores fabricantes mundiais de ecrãs LCD. Subida dos preços de produção e descida dos preços de venda fazem com que a Sony prefira subcontratar em vez de produzir.

A Sony e a Samsung chegaram a acordo para acabarem a parceria que têm desde 2004, no mercado dos ecrãs LCD. O negócio de venda da primeira à segunda, dos 50 por cento da parceria, é de cerca de 720 milhões de euros.

Nos últimos anos o negócio no setor não tem sido favorável à Sony. Os elevados custos de produção, assim como a descida do preço de venda ao consumidor final, fruto da elevada concorrência, fizeram com que a empresa japonesa registasse contabilidade muito inferior à esperada, neste setor.

Apesar de terem chegado a este acordo de separação, a Sony pretende continuar a trabalhar com a Samsung. A empresa vai manter-se no mercado dos LCD e a companhia sul-coreana será provavelmente uma das fornecedoras deste tipo de ecrãs. A Sony deixa desta forma de produzir poupando assim cerca de 490 milhões de euros.

Até ao final de janeiro de 2011, o negócio de venda dos 50 por cento da parceria na produção, da Sony à Samsung, deverá estar concluído.

Mais partilhadas da semana

Subir