Nas Notícias

Sem-abrigo reencontra irmão que não via há mais de 20 anos, por mero acaso

O reencontro aconteceu no pátio de uma igreja em Wigan, na região metropolitana de Manchester, no Reino Unido. Roy Aspinall e Billy White, irmãos, foram separados durante a infância, devido a problemas familiares, tendo-se encontrado no passado mês de Novembro, por mero acaso, após mais de 20 anos afastados.

Roy Aspinall tem 36 anos e é um soldado britânico reformado. A 12 de novembro saía de uma igreja em Wigan, no Reino Unido, quando reparou num sem-abrigo que ali estava, no pátio daquela igreja.

“Ele parecia muito familiar. Os seus traços faciais eram como os meus”, conta Roy à BBC.

O sem abrigo era Billy White, um sem-abrigo que vagueava pelas ruas daquela cidade, no norte de Inglaterra, que simplesmente estava ali sentado “antes de achar um local para dormir”.

A aproximação entre os dois irmãos deu-se com a oferta de um cigarro por parte de Roy, a que se seguiram muitas perguntas, conta Billy, o sem-abrigo.

“Ele começou a perguntar-me várias coisas: qual era o meu nome, quem era a minha irmã… Ele ele disse: ‘Sou Roy Aspinall. Sua mãe é minha mãe, e sou seu irmão'”, diz.

Ambos sabiam que tinham um irmão, mas nunca acharam que fosse possível encontrarem-se novamente. Estiveram separados mais de 20 anos. Depois do encontro inesperado, compararam as certidões de nascimento e tiveram a certeza.

Roy confessou ter ficado “muito emocionado” quando percebeu o acaso, tendo ligado para a irmã de ambos, e vivido a situação lavado “em lágrimas”.

“Não dá para explicar o sentimento, é louco. Ainda estou em choque. A minha mãe sempre falou de Roy”, explicou Billy.

A separação dos irmãos, filhos de Lorraine White, aconteceu por questões familiares. Roy foi criado por uma tia, ao passo que Billy, nascido anos mais tarde, foi entregue aos cuidados do serviço social britânico quando tinha 10 anos.

Depois de três perídoso a viver na rua, o último dos quais com duração de oito meses, Billy divide a casa com Roy, a sua esposa, e os seus seis sobrinhos.

“Sinto como se nunca nos tivéssemos separado. Ver os meus traços faciais no resto de outra pessoa é algo que eu nunca havia experimentado antes”, confessou Roy.

“A minha vida mudou quando Roy me encontrou. Hoje ele cuida de mim como um irmão mais velho”, frisou Billy.

Entretanto, Billy arranjou um emprego e está a viver a sua nova vida com entusiasmo. Familiarizando-se passo a passo, os dois irmãos vão construindo a relação, sublinhando as parecenças entre eles.

“Pensava ser o único na família que bebe café. Mas, quando perguntei o que ele queria beber, ele disse café com leite e dois cubos de açúcar, que é exatamente igual a mim. Não paramos de conversar o tempo todo. Mas agora temos o resto das nossas vidas para nos conhecermos”, finaliza Billy.

 

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: